Aos trabalhadores do sector das Energias

"O país não precisa de mais um Presidente da República que tome partido dos grandes grupos económicos e da especulação (...). As privatizações levaram aos desvio de milhares de milhões de euros para pagar dividendos, no essencial extorquidos aos trabalhadores do sector e aos consumidores de energia" Lê aqui o comunicado dirigidos aos trabalhadores do sector da Energia.

Cumprir a Constituição: Nacionalização dos CTT

"Portugal precisa de um Presidente da República que defenda um serviço postal de qualidade, moderno, com uma reconstruída rede de estações e que recupere os elevados padrões de qualidade que ostentou antes da liberalização e da privatização. Portugal precisa de nacionalizar os CTT e valorizar o Serviço Postal Público". Lê aqui o comunicado dirigido aos trabalhadores dos CTT e fica a conhecer alguns trabalhadores dos CTT do distrito de Lisboa, apoiantes da candidatura de João Ferreira.
IMG 8662

Em defesa da Água Pública!

131895263 178730953985075 529456427239387782 o

 

 

Cumprir a Constituição: servir as pupulações, defender o ambiente, valorizar o trabalho, criar riqueza de forma sustentada. Lê aquia declaração completa de João Ferreira na sequência da reunião com organizações representativas dos trabalhadores da Água e Saneamento e com a Direcção da Associação Água Pública

Aos trabalhadores transferidos para a Intelcia

SCAE IntelciaNov2020A Altice transferiu os trabalhadores que subcontratava a outras multinacionais para uma empresa do próprio grupo, a Intelcia. Uma decisão que se compreende, pois assim internaliza no grupo aquilo que pagava às empresas negreiras a que antes estavam vinculados os trabalhadores. Mas para os trabalhadores, continua a exploração, continuam subcontratados em vez de contratados pela PT, continuam os baixos salários e a exclusão de acesso aos direitos previstos na contratação colectiva da PT. O PCP apela à organização e à luta.

Ler Comunicado em PDF

PELO CONTROLO PÚBLICO DOS CTT

2Esta é uma luta da qual não desistiremos jamais. Uma luta em defesa da soberania nacional, em defesa do acesso do nosso povo aos serviços públicos essenciais, em defesa dos direitos de quem trabalha no sector dos correios.
Num momento em que o Governo PS procura na direita os apoios necessários para a negociata com a Administração dos CTT, é fundamental esta afirmação do PCP: este é o caminho que estamos disponíveis para discutir, patriótico e de esquerda; para manter os CTT privatizados não contam com o PCP.

Ler comunicado AQUI!

 

PCP distribui boletim do Sector das Telecomunicações

capa SCAE newsletterCOVID-01-05O Sector das Telecomunicações está a distribuir uma edição electrónica do seu Boletim, onde aborda duas questões essencialmente: a necessária resposta ao Teletrabalho e a divulgação do Projecto de Resolução do PCP sobre um serviço público de telecomunicações.

Importar o Boletim

PCP confronta governo com plano anti-social na GALP

galp202008A Célula do PCP na Galp/Lisboa editou um comunicado aos trabalhadores da Empresa dando conta das iniciativas tomadas para denunciar a situação na Empresa, particularmente no que respeita ao assédio aos seus trabalhadores e à promoção sistemática da precariedade e do aumento de exploração, numa empresa onde os lucros distribuídos aos accionistas têm sido da ordem das largas centenas de milhões de euros por ano.

Ler Comunicado em PDF

PCP com os trabalhadores da Petrogal em defesa do trabalho e da producão nacional

mini-IMG 20200727 112037Na passada segunda-feira, o PCP reuniu com Organizações Representativas dos trabalhadores da Petrogal. Em cima da mesa esteve a situação social da empresa, onde os accionistas amontoam centenas de milhões de euros em dividendos, ao mesmo tempo que promovem um despedimento colectivo e chantageiam centenas de trabalhadores para se submeterem a uma rescisão «voluntária». Outra preocupação abordada na reunião é o futuro do sector em Portugal face à ausência de uma política nacional para a energia que tenha como pilar as necessidades nacionais, num momento em que os grandes capitalistas se degladiam por pilhar  milhares de milhões de euros em subsídios  através de opções que os deixarão ainda mais ricos mas não resolverão os problemas do país e dos trabalhadores. O PCP deu nota das questões já colocadas pelo seu grupo parlamentar e assumiu o compromisso de desenvolver novas iniciativas em defesa do sector e dos seus trabalhadores.

Ler Requerimento em PDF (1 e 2)

Altice: Com ainda mais Lucros e em Lay-Off

AlticePortugal2Enquanto apresenta receitas de mais de 522 milhões de euros só no primeiro trimestre de 2020, a Altice Portugal mantém mais de 600 trabalhadores em lay off com os salários reduzidos a 2/3 e pagos em parte pela segurança social. Como prova a Altice Portugal a perda de receita que justificaria o lay off quando os portugueses confinados em casa e em teletrabalho, estão a usar os seus serviços (internet, por exemplo), como nunca!?
Como diz o ditado "Com as calças do meu pai, também eu sou um grande homem", neste caso com os contribuintes a pagar os salários e os trabalhadores a ganhar (ainda!) menos, os accionistas vão metendo com todas as facilidades muitos milhões ao bolso.

CTT: Greve com adesão a rondar os 90% é uma grande resposta à ofensiva do patronato

greve CTT 29 Maio foto2Na foto, o deputado do PCP Bruno Dias saúda o piquete de greve em Cabo Ruivo, sublinhando que «Os trabalhadores dos CTT lutam contra a exploração e em defesa dos seus direitos, mas lutam igualmente em defesa do interesse nacional». Uma greve que começou por ser contra a imposição do cartão refeição, e se alargou à necessidade urgente de contratar mais trabalhadores para que o serviço postal possa ser realizado em condições. No próximo dia 12 de Junho, a luta continua!