CTT: Lucros a aumentar à boleia dos baixos salários e precariedade.

277222527 3168059896846653 4234292868611806057 nA célula dos CTT de Lisboa do PCP lançou um comunicado de apelo à participação dos jovens trabalhadores na manifestação organizada pela Interjovem/CGTP-IN no dia 31 de Março. 

Os trabalhadores dos CTT, em particular os mais jovens, estão confrontados com vínculos cada vez mais precários, horas extraordinárias não remuneradas e com salários baixos. No momento em que os accionistas dos CTT distribuem milhoes de lucros, a empresa mantém-se irredutível na proposta de aumento salarial de apenas 5€. Lê aqui o comunicado completo

Ao lado dos trabalhadores dos CTT todos os dias

IMG 2804 2O Partido Comunista Português saúda a luta dos trabalhadores dos CTT do passado dia 19 de Novembro.

O PCP estará sempre ao lado dos trabalhadores dos CTT por salários dignos e justos, por um melhor serviço postal público, por mais e melhores condições de trabalho e de vida, pela admissão de trabalhadores.

O PCP continuará sempre na vanguarda da luta contra a destruição dos CTT e pela sua urgente renacionalização! 

Consulta aqui o comunicado completo.

Altice: despedimento colectivo é ilegal e criminoso!

203368613 2960798557572789 924893252530887008 n

Já está em distribuição o comunicado dirigido aos trabalhadores da PT/MEO. "Para o PCP, estamos perante uma nova ofensiva da Altice contra os trabalhadores da PT/MEO, agora na figura de um despedimento colectivo manifestamente ilegal, destinado a pressionar todos os trabalhadores da empresa e assumido publicamente como uma forma de chantagem sobre o Estado português. O essencial dos trabalhadores vítimas directas deste processo são para ser substituídos por trabalhadoressubcontratados à Intelcia e a outros prestadores de serviço. Tudo numa empresa que cresceu as suas vendas durante a pandemia e pertence a uma multinacional que dá lucros."

Consulta aqui o comunicado completo.

comunicado da Célula dos Trabalhadores das Águas do Tejo Atlântico.

Comunicado - Digital

 Encontra-se em distribuição o comunicado da Célula dos Trabalhadores das Águas do Tejo Atlântico. 

Neste número dá-se destaque à Greve dos Trabalhadores das Águas de Portugal: O Teletrabalho e as propostas  do PCP que fixam e garantem os direitos dos trabalhadores abrangidos pelo teletrabalho e por fim a exigência pela aplicação do suplemento de Insalubridade, Penosidade e Risco. 

Ler comunicado AQUI!

CTT: lucros à custa dos trabalhadores e da diminuição da qualidade do serviço.

173206931 2908041059515206 2414920743362630715 nOs resultados estão à vista: a privatização dos CTT só é boa para os accionistas, não para os trabalhadoes e para as populações.  Consulta aqui o boletim dirigido aos trabalhadores dos CTT.

Aos trabalhadores das empresas de Tecnologias de Informação -

Está em distribuição o primeiro número do comunicado/newsletter dirigido aos trabalhadores das empresas de Tecnologias de Informação. Trabalhadores altamente qualificados e especializados, com vários problemas que têm vindo a ser agravados nos último anos: a subcontratação, os salários estagnados, os pagamentos "por fora",o teletrabalho, entre outros. Podes, ainda, conhecer as propostas do PCP relativas ao teletrabalho. Lê aqui o comunicado completo.

NOS: os bolsos dos trabalhadores não vêem os lucros.

8529Os trabalhadores da NOS não vêem os seus salários aumentados há 13 anos. Por outro lado, a NOS continua a encher os bolsos dos seus accionistas com lucros de milhões e a manter uma grande maioria de trabalhadores sub-contratados, aqueles que mais sofrem com a instabilidade e precariedade, bem como baixos salários (como, por exemplo, o casos dos trabalhadores dos contact centres). É fundamental garantir aumentos salariais e a integração nos quadros da empresa! Lê aqui o comunicado completo.

EDP: lucros de milhões e para os trabalhadores só tostões

30982731Num ano em que atinge os 801 milhões de euros de lucros, um aumento de 56% relativamente ao ano anterior, a EDP diz que não dinheiro para aumentar os trabalhadores. Ficámos a saber, também, que pretende pagar a António Mexia €800 mil por ano (durante 3 anos), o correspondente a 57 anos de salários de um trabalhador da EDP.

É a crise? É a pandemia? Não! É o capitalismo!

Lê aqui o comunicado completo.

 

 

EDP: €801 milhões em plena pandemia

SCAE EDPCC LUCROS2021-netA EDP anunciou lucros de 801 milhões de euros. Em plena pandemia, com milhares dos seus trabalhadores a receber o salário mínimo nacional, com muitas famílias em grandes dificuldades e uma das mais caras electricidades da Europa, a EDP volta a apresentar lucros gigantescos e a distribuir milhões de euros pelos seus gestores. É a crise para todos!? Lê aqui o boletim da célula do PCP nos Call Centers da EDP

Teleperformance: lucros aos milhões

8529Com a apresentação dos resultados financeiros de 2020, fica claro que a crise e as graves consequências da pandemia não são para todos! Alguns lucram cada vez mais à custa do trabalho e dos baixos salários praticados. A Teleperformance arrecadou mais de 5 mil milhões de euros de receita, a maior de sempre, ao mesmo tempo que continua a exigir aos seus trabalhadores que sobrevivam com pouco mais que o salário mínimo nacional. Consulta aqui o comunicado da célula do PCP na Teleperformance.

Programa Pessoa: dividir e precarizar

pt2Programa Pessoa: estratégia para dividir e precarizar, mais um ataque à PT/MEO e aos direitos dos trabalhadores. Consulta aqui o comunicado da célula das Telecomunicações de Lisboa do PCP.

CTT: lucros à frente da saúde dos trabalhadores


imagem ctt site fev2021

O grupo parlamentar do PCP dirigiu uma pergunta à Assembleia da República e ao Governo sobre as várias tentativas da administração dos CTT em omitir casos de COVID 19 na empresa, pondo em risco a saúde dos trabalhadores. A administração dos CTT, preocupada apenas em aumentar os resultados financeiros da empresa, não olha a meios para atingir os seus fins, pondo em risco a saúde dos seus trabalhadores, das suas famílias e dos cidadãos que diariament  necessitam de ter acesso aos serviços doscorreios. E reafirmamos: "Os trabalhadores dos CTT são fundamentais para a prestação do Serviço Público Postal, com maior premência nos actual quadro da epidemia da COVID-19. Como o PCP tem vindo a afirmar, é imperioso que lhes sejam proporcionadas as condições de trabalho adequadas e respeitadas todas as regras e procedimentos sanitários para a sua protecção e sejam valorizados nos seus salários e em todos os outros direitos." 

Lê aqui a pergunta completa e comunicado aos trabalhadores.