PCP solidário com os trabalhadores despedidos na Loomis

IMG 20201113 112108A Loomis, uma empresa de transporte de valores, prepara-se para encerrar uma filial em Coimbra e despedir 30 trabalhadores a nível nacional.
Uma delegação do PCP, composta por Alma Rivera, deputada do PCP na Assembleia da República, e membros da Direcção Regional de Lisboa do PCP estiveram presentes na acção de luta organizada pelo sindicato, STAD, em solidariedade com a luta dos trabalhadores.

O protesto, que não foi autorizado pela DGS, foi assinalado na sede da empresa em linda-a-velha através da presença dos seus dirigentes e através de uma greve, que segundo os mesmos teve uma boa adesão.  
São mais do que justas as razões para lutar
Segundo os dirigentes do STAD, o que a «Loomis está a fazer é inamissível», tendo esperado pelos 60 dias após o fim do lay-off para iniciar os despedimentos. Esta é a prova de que a reboque da pandemia, as grandes empresas aproveitam para despedir trabalhadores e atacar os seus direitos.
A Loomis é uma empresa que pertence à multinacional sueca Securitas, com muitos trabalhadores em Portugal e que ao longo dos anos tem vindo constantemente a apresentar lucros, mas que agora age desta forma com aqueles que durante anos lhes deram os seus ganhos, os trabalhadores.