Não à precariedade dos Psicólogos na Linha Saúde24

precariedade psicologos Saude24 1O Sector Intelectual de Lisboa do PCP condena mais um recrutamento de psicólogos a integrar Linha Saúde24 em regime de total precariedade. Esta integração é consequência directa da opção do Governo na concessão deste serviço a um operador privado, ao invés de assumir directamente a sua gestão. A situação, que não é nova, é grave não apenas pelo que ela significa de precarização dos vínculos de trabalho destes trabalhadores, mas também pelo envolvimento do Governo em parceria com a Ordem dos Psicólogos em todo este processo.

Os efeitos que a precariedade tem nos trabalhadores, em particular na sua saúde mental, são evidentes e bem conhecidos, nomeadamente pela própria Ordem.

Ler comunicado completo AQUI!