PCP questiona o governo relativamente à “Transferência de cuidados de saúde para entidades privadas por falta de médicos anestesistas no Hospital Egas Moniz”.

SNS“Face a falta de anestesistas no SNS, o PCP entende que a solução não passa pela realização de cirurgias em entidades privadas, que lucram à custa da doença, mas sim pelo alargamento do número de vagas de acesso à formação médica especializada, bem como pela valorização e dignificação das carreiras, pela valorização das remunerações e pela garantia de condições de trabalho, de forma a criar as condições para que os médicos optem por desempenhar funções no SNS.”

Ler a pergunta completa AQUI!