Mais uma vez se prova que lutar vale a pena!

bar-cpOs trabalhadores da Risto Rail não desistiram de lutar pelos seus postos de trabalho e pelos seus direitos. 
Depois de um dia e meio de negociações entre a Risto Rail, a Apeadeiro 2020, a CP - Comboios de Portugal e a FESAHT, no Ministério do Trabalho, no final do dia 30 de Julho foi finalmente aceite pela empresa que ganhou o concurso feito pela CP a responsabilidade de assumir todos os trabalhadores do quadro, dando garantias do cumprimento do Acordo de Empresa, respeitando as escalas, os horários e todos os restantes direitos. 
No dia 1 de Agosto, todos os trabalhadores pegaram ao serviço com a consciência de que só a sua luta, sempre apoiada e acompanhada pelo seu sindicato de classe, permitiu reverter a intenção do despedimento de cerca de 70 trabalhadores, como era intenção da Apeadeiro 2020; sabem também que as denúncias feitas pelo PCP na Assembleia da República, foram extremamente importantes, pois tornaram públicas as intenções da CP contribuir para o despedimento de dezenas de trabalhadores, degradando o serviço prestado aos utentes dos comboios InterCidades e Alfa Pendular.
Todos os trabalhadores dos bares e serviços de refeição dos comboios da CP sabem que só a luta organizada os protege e que só através da luta continuarão a garantir que os seus postos de trabalho se mantenham.