Santo António

Apresentada lista da CDU à freguesia de Santo António

 
Santo AntónioNo dia 25 de Abril de 1974, um gesto de Celeste Caeiro fez dos cravos vermelhos o símbolo da liberdade. Na altura, trabalhava no restaurante Franjinhas, que comemorava o seu aniversário. Tinham para isso encomendado muitos cravos. Devido ao apelo do Movimento das Forças Armadas para que as pessoas ficassem em casa, o Franjinhas ficou fechado. Celeste levou os cravos consigo e quando passou por um soldado deu-lhe um cravo vermelho, que este colocou no cano da G3. Os outros fizeram o mesmo, e assim nasceu o símbolo da revolução.

Continuar...

Fechado há sete anos o Centro de Saúde faz falta

centrosaude20200217«Faz falta um Centro de Saúde na área de São José e Coração de Jesus», defende o PCP, que esta tarde assinalou os sete anos decorridos desde o encerramento da extensão de Saúde na Av. Duque de Loulé.

Militantes do PCP e outros apoiantes da CDU concentraram-se junto ao prédio onde a Extensão de Saúde funcionou durante mais de três décadas, sofrendo desinvestimento e resistindo à custa do esforço dos profissionais. Paula Santos, deputada do PCP, numa breve intervenção, realçou a importância de persistir em defender o Serviço Nacional de Saúde, exigindo que lhe sejam garantidos os meios necessários para uma melhor resposta de proximidade dos Cuidados de Saúde Primários.

Nesta iniciativa, junto ao prédio em obras na Av. Duque de Loulé, N.º 79, estiveram igualmente Jorge Alves, vereador, e Graciela Simões, eleita na Assembleia Municipal.

O Partido, num comunicado que hoje mesmo começou a ser distribuído, reafirma que é prioritário garantir que volte a haver um Centro de Saúde no território das antigas freguesias de São José e Coração de Jesus e apela à população para que dê força a esta reivindicação.

Ler o Comunicado da Comissão de Freguesia de Santo António do PCP

Distribuição do documento - Crianças e pais com direitos, Portugal com futuro

escola sao jose20190607A Organização de Stº António do PCP distribuiu hoje, 7 de Junho de 2019, à porta da Escola Básica de S. José, o documento da CDU acerca de diversos avanços já conseguidos, como a gratuitidade dos manuais escolares, entre outros,. e ainda propostas de defesa dos direitos das crianças e das condições das famílias para o seu acompanhamento.
Esta escola acolhe actualmente, além dos alunos que já tinha, também os da escola Luísa Ducla Soares e da escola das Gaivotas.