MAIORIA PS NA CÂMARA DE LOURES RECUSA PROPOSTA DA CDU DE REDUÇÃO DO IMI

MAIORIA PS NA CÂMARA DE LOURES RECUSA PROPOSTA DA CDU DE REDUÇÃO DO IMI

A maioria do Partido Socialista na Câmara Municipal de Loures recusou hoje, a proposta da CDU de redução da Taxa de Imposto Municipal sobre Imóveis , dos actuais 0,70 e 0,45, para 0,65 e 0,40.

A proposta das CDU não só era compatível com as finanças municipais, como era exigível do ponto de vista social, numa altura em que aumentam as dificuldades da maioria da população portuguesa em geral e dos residentes no Concelho de Loures em particular, com o pagamento dos seus encargos com a habitação, resultante dos sucessivos aumentos das taxas de juro.

O Partido Socialista, e o Presidente da Câmara que ainda recentemente, e ao contrário da grande maioria dos autarcas, se pronunciava a favor da nova Lei das Finanças Locais, invoca agora  os seus malefícios  para não aceitar a proposta da CDU, e assim impor á população do Concelho de Loures a factura daquela lei produzida pelo governo  . 

A CDU lamenta este resultado, demonstrativo da falta de sensibilidade social do PS, ajudado por um vereador do PSD, fazendo lembrar os tempos do “Queijo Limiano”.


Os Vereadores da CDU