CDU visita Murches e constata falta de passeios

murchesUma delegação da CDU esteve no passado sábado em visita a Murches, na freguesia de Alcabideche para contactar com a população e verificar a evolução dos problemas que afectam os moradores daquela localidade. Na visita esteve presente a eleita do PCP na Junta de Freguesia de Alcabideche, Telma Santos, que pôde constatar que pouco ou nada tem sido feito para alterar uma situação que se arrasta há demasiado tempo.

 

Os moradores de Murches parecem não ter direito a simples passeios que garantam a sua mobilidade em segurança. A grande maioria das ruas tem os seus passeios em terra, mas também as há sem qualquer passeio ou protecção, como acontece na rua Prof. Lima Basto onde na berma há uma valeta totalmente desprotegida. Nem mesmo junto aos contentores de colecta selectiva de lixo (ecopontos) da estrada principal houve a preocupação em garantir a segurança dos seus utilizadores.

Continuar...

CDU Cascais - Para quando a aplicação do suplemento de penosidade e insalubridade aos trabalhadores das empresas municipais?

Cascais ambiente trabalhadores clemente alvesNa passada segunda-feira, dia 22 de Março, o vereador do PCP, Clemente Alves, contactou os trabalhadores da empresa municipal Cascais Ambiente, nas instalações no Vale de Santa Rita, em São João do Estoril. Os mais de 30 trabalhadores que receberam a delegação da CDU, informaram e demonstraram o importante trabalho que desempenham diariamente para assegurar a limpeza urbana no concelho de Cascais. No contacto estabelecido com o vereador comunista ficou patente o desejo destes trabalhadores serem integrados nos quadros da Câmara, a necessidade da valorização das suas carreiras e o direito de serem abrangidos pelo suplemento de penosidade e insalubridade aprovado na Assembleia da República pela luta e persistência do PCP. Um suplemento já aprovado em reunião de Câmara, mas que deixou de fora os trabalhadores das empresas municipais. Sobre esse assunto o vereador do PCP questionou o executivo na última reunião de Câmara:

- Para quando a aplicação do suplemento de penosidade e insalubridade aos trabalhadores das empresas municipais? 

Continuar...

Bairro de Campos Velhos continua a aguardar por uma carreira de autocarro

campos velhos grupo 2Os eleitos do PCP, Clemente Alves e Telma Santos, eleitos na Câmara Municipal de Cascais e Assembleia de Freguesia de Alcabideche respectivamente, estiveram uma vez mais, no Bairro de Campos Velhos, em Alcabideche, onde puderam constatar que, na sua grande maioria, os problemas que afectam os moradores deste bairro mantém-se por resolver. A principal reivindicação da população prende-se com a falta de uma carreira que sirva este bairro, pois obriga os seus moradores a percorrer quase 1 km para apanhar o autocarro mais próximo.

Continuar...

21 trabalhadores do aeródromo de Tires enviados para casa

APAO PCP teve conhecimento que os 21 trabalhadores da empresa PSG que desempenham as funções de Assistentes de Portos e Aeroportos (APA) no aeródromo de Tires foram enviados para casa pela administração e substituídos por agentes da PSP, em regime de gratificados. A administração do aeródromo alegou junto dos trabalhadores, a caducidade da formação de 8 trabalhadores como razão para o envio de todos os 21  funcionários APA para casa, mas sempre com a promessa de um regresso a curto prazo ao serviço, que nunca se concretizou.

Continuar...

Concurso transporte rodoviário em Cascais - CDU questiona Câmara sobre deliberação do tribunal

scotturb403A CDU questionou o Presidente da Câmara de Cascais sobre a decisão do Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa relativa ao concurso para a prestação do serviço público de transporte rodoviário regular de passageiros no Concelho de Cascais, que o actual operador Scotturb havia impugnado. O tribunal deu razão à Scotturb, ao considerar a proposta apresentada pelo operador Martín ilegal, e condenou a Câmara de Cascais a celebrar o contrato com a Scotturb. O vereador do PCP, Clemente Alves, questionou a Câmara sobre as medidas e as consequências de tal decisão para a Câmara e para os munícipes de Cascais? 

Continuar...