CDU Cascais - Para quando a aplicação do suplemento de penosidade e insalubridade aos trabalhadores das empresas municipais?

Cascais ambiente trabalhadores clemente alvesNa passada segunda-feira, dia 22 de Março, o vereador do PCP, Clemente Alves, contactou os trabalhadores da empresa municipal Cascais Ambiente, nas instalações no Vale de Santa Rita, em São João do Estoril. Os mais de 30 trabalhadores que receberam a delegação da CDU, informaram e demonstraram o importante trabalho que desempenham diariamente para assegurar a limpeza urbana no concelho de Cascais. No contacto estabelecido com o vereador comunista ficou patente o desejo destes trabalhadores serem integrados nos quadros da Câmara, a necessidade da valorização das suas carreiras e o direito de serem abrangidos pelo suplemento de penosidade e insalubridade aprovado na Assembleia da República pela luta e persistência do PCP. Um suplemento já aprovado em reunião de Câmara, mas que deixou de fora os trabalhadores das empresas municipais. Sobre esse assunto o vereador do PCP questionou o executivo na última reunião de Câmara:

- Para quando a aplicação do suplemento de penosidade e insalubridade aos trabalhadores das empresas municipais? 

 

Os trabalhadores da higiene urbana desempenham uma função essencial para garantir a segurança e qualidade de vida das populações e tiveram no PCP sempre o principal aliado na luta pela aplicação do suplemento de penosidade e insalubridade que agora foi aprovado. Foi uma importante vitória dos trabalhadores da Administração Publica, que só não foi mais longe porque o governo PS não deixou aprovar a proposta do PCP que definia um maior número de carreiras abrangidas pelo suplemento, um valor muito superior para o suplemento e uma aplicação independente do tipo de vínculo contratual.