PCP distribuiu documento às trabalhadoras da CODAN sobre problemas concretos da empresa

codanO PCP esteve, na passada quarta-feira, em contacto com as trabalhadoras e trabalhadores da CODAN onde através de um documento mostrou a solidariedade com os trabalhadores que têm sido sujeitos a processos disciplinares injustificados e onde defendeu a melhoria das condições do estacionamento.

Clique aqui para ver o documento na sua integra.

 

Não a processos disciplinares injustificados. Não à repressão patronal.

O PCP está solidário com os trabalhadores da CODAN, e repudia a instauração de processos disciplinares sem justificação.

Este ataque aos trabalhadores que não aceitam, por exemplo, trabalhar ao sábado, é uma forma de procurar intimidar os trabalhadores, procurando agravar a exploração.

Os trabalhadores podem contar com o PCP, na luta contra a repressão laboral.

Por um estacionamento com o mínimo de condições

É mais do que conhecido, que o estacionamento, na CODAN, não tem as condições mínimas de funcionalidade.

Existe um conjunto largo de trabalhadores que vêm de carro, pois deslocam-se de outros concelhos e por vezes a horas em que os transportes públicos são muito escassos.

A empresa devia criar as condições para que os trabalhadores que necessitem, possam estacionar o seu automóvel com facilidade e segurança.


Pelo aumento dos salários

Uma empresa multinacional, como a CODAN, com vendas acima da centena de milhões (antes da COVID19), e que fabrica produtos que foram altamente necessários durante este período da COVID19, tem que valorizar os seus trabalhadores.

E valorizar os seus trabalhadores passa, entre outras coisas, por dignificar valorizar os seus salários. A empresa deve ter uma política de distribuição dos seus lucros pelos trabalhadores, através do aumento dos seus salários, pois eles são essenciais na produção e sucesso da empresa (que os lucros comprovam).


Por horários de trabalho dignos

Os trabalhadores devem ter um horário de trabalho que lhes permita conciliar, o trabalho com, no acompanhamento à família, momentos de lazer, etc.

O desenvolvimento da ciência e da tecnologia, deverá implicar a redução dos horários de trabalho.

Defendemos as 35 horas de trabalho semanal para todos os trabalhadores.


Vale a pena lutar!

O PCP apela à unidade dos trabalhadores em torno das suas justas reivindicações.

Podem contar connosco, na luta pela melhoria das condições de trabalho e pela valorização dos trabalhadores.