PCP: Em defesa das Liberdades dos Trabalhadores da IBERLIM

iberlim.jpgO PCP, através do seu grupo parlamentar, apresentou na Assembleia da República uma pergunta ao governo sobre as violações sistemáticas à liberdade na empresa Iberlim. O governo tem agora um prazo de 30 dias, nos termos do regulamento para dar a sua resposta. O PCP fará tudo o que estiver ao seu alcance para defender os interesses dos trabalhadores, mas sublinha que nada substitui a luta dos trabalhadores, em unidade, pois é aqui que reside a sua grande força.
 
Ler Comunicado em PDF