Campolide

O Bairro da Liberdade não pode ficar esquecido

 
Bairro da LiberdadeEm conversa com o Padre Crespo, do Centro Social e Paroquial – da Igreja de São Vicente de Paulo, e Antero Marques, director técnico do Centro de Dia desta Associação, os eleitos da CDU registaram as suas preocupações relativamente ao Bairro da Liberdade, que no entender deste necessita de um verdadeiro investimento. Esta instituição tem uma importante intervenção social no bairro e na cidade de Lisboa, dispondo de diversas valências na área da educação,

Continuar...

IV Assembleia de Organização de Campolide

assembleia20200222Realizou-se a 22 de fevereiro 2020 a IV Assembleia de Organização de Campolide que contou com a participação da camarada Inês Zuber, membro do Comité Central e responsável  do concelho.

Nesta assembleia retratou-se a situação política actual da freguesia de Campolide, assim como as dificuldades e conquistas da organização. Foi eleita a nova comissão de freguesia para os próximos 4 anos, e traçaram-se algumas linhas de trabalho importantes para a acção e intervenção do Partido a nível local.

Inês Zuber, na sua intervenção colocou os aspectos da situação política nacional e das tarefas do Partido, nomeadamente a importância da ligação aos trabalhadores na freguesia e o levantamento de problemas para que possamos desenvolver a intervenção do Partido.

Visita do PCP ao posto de limpeza da Serafina

posto limpeza serafina202001As eleitas do PCP na Assembleia Municipal e na Assembleia de Freguesia de Campolide: Natacha Amaro e Maria José Arnaldo visitaram hoje os serviços do Posto de Limpeza do Bairro da Serafina, contactando com os trabalhadores.

As condições de trabalho aviltantes com que se depararam, especialmente para os trabalhadores dos espaços verdes e da pavimentação de passeios, estão expressas nas fotos: ausência de refeitório (as refeições são feitas no vão das escadas), condições inexistentes para uma copa digna, lava loiça junto dos WC, ausência de balneários (os trabalhadores utilizam o balneário público).

A CDU deplora as condições de trabalho destes trabalhadores e, dentro da sua capacidade de intervenção nas Assembleias de Freguesia e Municipal, e ainda na Câmara Municipal, tudo fará para obstar a esta situação.