Salário Minimo Nacional: PCP defende aumento para 600€ em Janeiro

15442391 1382568418422318 5652816492671970471 n

Uma proposta tão possível como necessária, que procura dar corpo à vontade dos trabalhadores e às necessidades do País e que o PCP levará no próximo dia 16 à Assembleia da República propondo o aumento extraordinário do salário mínimo nacional para os 600 € já em Janeiro do próximo ano. Iniciativa que terá como suporte uma jornada de contactos com os trabalhadores e as populações a desenvolver no dia 15. O PCP apela para que os trabalhadores façam frente às manobras em curso e continuem e intensifiquem a luta pelos seus direitos, em particular pela exigência do aumento do salário mínimo.

Excerto da Declaração de Paulo Raimundo, membro do Secretariado do PCP

Ler Declaração completa

Ler documento em PDF

Salário Minimo Nacional: PCP quer 600€ em Janeiro

15442391 1382568418422318 5652816492671970471 n

Uma proposta tão possível como necessária, que procura dar corpo à vontade dos trabalhadores e às necessidades do País e que o PCP levará no próximo dia 16 à Assembleia da República propondo o aumento extraordinário do salário mínimo nacional para os 600 € já em Janeiro do próximo ano. Iniciativa que terá como suporte uma jornada de contactos com os trabalhadores e as populações a desenvolver no dia 15. O PCP apela para que os trabalhadores façam frente às manobras em curso e continuem e intensifiquem a luta pelos seus direitos, em particular pela exigência do aumento do salário mínimo.

Excerto da Declaração de Paulo Raimundo, membro do Secretariado do PCP

Ler Declaração completa

Ler documento em PDF

Repor os salários e a evolução das carreiras é de justiça incontornável

15056240 1319667094732117 7730769689138345406 nRepor os salários e a evolução das carreiras é um objectivo de justiça incontornável que leva o PCP a ter uma profunda solidariedade para com a luta sublinhou Jerónimo de Sousa na manifestação que levou os trabalhadores da Administração Pública até à Assembleia da República.O Secretário-Geral afirmou ainda que "no quadro da discussão do Orçamento do Estado, tudo faremos para que estes objectivos sejam concretizados numa luta que pode ser prolongada, mas com uma convicção profunda que estes trabalhadores, com a sua luta, empenhamento e a nossa contribuição, verão repostos esses direitos".

Ver mais aqui

Encerramento do XX Congresso do PCP: Intervenção de Jerónimo de Sousa

20161204xxcongresso047Mas quem, senão este Partido, que nunca teve uma vida fácil, que foi temperado em tantas e tantas lutas e que nunca desanimou perante recuos e derrotas, que nunca descansou face a avanços e vitórias, pode afirmar a sua confiança nos trabalhadores, no nosso povo, a sua confiança na nossa pátria soberana?

Continuar...