“Afirmar a Igualdade, Cumprir a Constituição”

1904114 589286164490922 1703891197 nDia 8 de Março a União dos Sindicatos de Lisboa comemora o dia Internacional da Mulher integrado nas comemorações do 40º aniversário da Constituição da República. Constituição da República que em 1976 inscreveu a a proibição da discriminação com base no sexo. Comemorar o dia Internacional da Mulher faz sentido com a luta por melhores condições de vida e de trabalho, pela redução dos horários, pela igualdade e cidadania. 

Continuar...

Intervenção de Jerónimo de Sousa hoje em Lisboa no Debate "Mais Direitos. Mais Futuro. Não à precariedade"

12729184 1275413722485154 4686662406554798779 nEsta é uma batalha que exige ser travada em todas as frentes. Lá na empresa ou no local de trabalho onde imperam formas abusivas de precariedade. Organizando e unindo aqueles que estão nessa situação exigindo soluções. Denunciando os abusos e ganhando todos os trabalhadores sem excepção e a opinião pública para o combate a este flagelo social. 

Continuar...

Mais uma vez o PCP defende o efectivo direito dos cidadãos a apresentarem iniciativas legislativas à Assembleia da República

8620O PCP defendeu a consagração constitucional deste direito e nas diversas iniciativas legislativas que apresentou sempre considerou que o número mínimo de cinco mil cidadãos eleitores era o adequado para apresentar uma iniciativa legislativa à Assembleia da República. Hoje existe a exigência de 35.000 assinaturas de cidadãos eleitores para apresentar uma iniciativa legislativa, o que torna quase impossivel a apresentação de qualquer iniciativa. Mais uma vez o PCP apresentou na Assembleia da República proposta para que a Lei existente seja alterada de modo a permitir o efecticvo direito de participação dos cidadãos.

Ler em PDF

Junto dos trabalhadores reafirmamos a nossa luta contra a precariedade. Está na rua a Campanha Mais Direitos. Mais Futuro. Não à precariedade.

 

 

12715209 783833611722209 3258644410607574703 nA campanha nacional "Mais direitos, mais futuro. Não à precariedade" dia 18 de Fevereiro, com acções de contacto junto dos trabalhadores, nomeadamente, em empresas e locais de trabalho por todo o País. No distrito de Lisboa foram mais de trinta acções de contacto, entre terminais de transportes e empresas de diversas sectores. Na TAP, nas grandes superficies comerciais, como no Fórum Sintra e Loures Shopping, na logistica como no Minipreço em Vila Franca, nos call centers como na EDP(Randstad). Juntos dos trabalhadores da administração local, nas ofocinas e várias camaras municipais, entre muitas empresas, como a Tabaqueira, a Printer, a Sicasal, a Nokia e a Siemens, a Plural. Milhares de jornais distribuídos, centenas e centenas de conversas que permitiram, não só, conhecer mais acerca da situação destes trabalhadores, mas também comprovar a necessidade e vontade de agir para resolver os seus problemas e garantir os seus direitos e aspirações.

Podes aceder à página do facebook da campanha aqui

Podes aceder à página da campanha aqui

Continuar...