AmbiJardim novamente com salários atrasados

IMG 20210820 121744 resized 20210820 023618066Os trabalhadores da AmbiJardim  voltaram a não receber os seus salários. Desde o início do mês de agosto que trabalham sem receber ordenado e por isso, decidiram, em conjunto com o seu sindicato STAD, marcar uma greve de 24 horas acompanhada de uma concentração à porta da estação da CP do Rossio. Estiveram, hoje concentrados cerca de 200 trabalhadores a exigir o pagamento dos salários em atraso.

A empresa garante que vai pagar o que deve, que está a “tratar” da situação e que brevemente estará tudo resolvido, contudo caminhamos a passos largos para o final do mês de agosto e a crise parece não ter fim à vista.

Os trabalhadores não têm a culpa dos esquemas da empresa, das alegadas investigações da PJ, dos processos em tribunal em que a AmbiJardim se encontra, das chantagem desta para garantir os respetivos contratos em Setembro, ou das mariscadas dos administradores.

Esta situação inadmissível já tinha ocorrido com os salários do mês de Maio e volta a impor-se novamente aos mais de 500 trabalhadores subcontratados pela CP e IP a nível nacional, pelo município de Sintra, e pelo Hospital Pedro Hispano no Porto. Estes serviços não têm nada a dizer? vão continuar a transferir dinheiro para esta empresa sabendo que os trabalhadores não estão a receber os seus vencimentos? Será que a empresa AmbiJardim  tenciona não pagar também o mês de Setembro?

A situação está a tornar-se insustentável para estes trabalhadores, o sufoco e o drama em que vivem devido à falta do seu justo vencimento tem de acabar.

É preciso lembrar que estes trabalhadores continuam diariamente a prestar serviço à empresa, continuam a ter as despesas por se apresentarem ao serviço e o tempo despendido. A situação é lamentável e esperamos que seja resolvida o mais breve possível.

Toda a solidariedade do PCP para com os trabalhadores da empresa AmbiJardim!

A vossa luta conta com o nosso apoio!