Em defesa do sector do táxi, lutar contra a agressão ao país!

taxi_cdu2011.jpgO caminho de desastre que PS/PSD/CDS estão a impor ao país, ao submeterem-se aos ditames coloniais da "troika", afecta brutalmente o sector do táxi - directamente, pois vão sofrer as consequências das medidas acertadas, e indirectamente, pois vão sofrer as consequências da recessão no sector que esta política vai provocar. A CDU apela à resistência e à luta, e apela ainda a que a jornada eleitoral de 5de Junho seja vista como uma oportunidade de combater estas medidas e reforçar quem está do lado dos trabalhadores e do povo.

Ler o Comunicado em PDF

Também no Sector do Táxi, o caminho é a luta!

taxi2011mar.jpg

O Sector do Táxi do PCP, denuncia as dramáticas consequências para o sector do escandaloso aumento dos preços dos combustíveis, agravado pelo impacto que o ataque generalizado aos salários teve na procura. Um Comunicado onde o PCP exige a introdução do gasóleo profissional, e apela à luta dos taxistas em defesa dos seus direitos. 

Ler Comunicado em PDF

Também no Sector do Táxi cresce o apoio à candidatura de Francisco Lopes

taxiapoio.jpgConstituída por 75 taxistas de Lisboa, a Comissão de Apoio no Sector do Táxi de Lisboa à candidatura de Francisco Lopes é integrada por diversos dirigentes associativos do sector, e por taxistas de diversas empresas e cooperativas. No documento em distribuição junto dos taxistas, sublinha-se que todos os taxistas - sejam empresáriod po conta própria, trabalhadores por conta de outrém ou cooperantes - têm razões de peso para votar Francisco Lopes, apoiando a única candidatura que se opõe *a continuação de uma política que está a destruir a vida dos taxistas.
 

Sector do Táxi do PCP apela: Todos os taxistas devem apoiar a Greve Geral!

taxi2010nov.jpg Em comunicado que está a ser distribuído aos taxistas, o PCP sublinha as razões que têm todos os taxistas para apoiar a greve geral, num sector que é profundamente atacado pelas medidas do Orçamento de Estado e que será dos primeiros a pagar a factura da retração económica que o OE2011 gerará.

Ler Comunicado em PDF

Os taxistas precisam de dar força à CDU

capataxi.jpg

António Costa simulou uma consulta aos titulares de alvarás de serviço de táxi em Lisboa, para saber quem estava interessado em adaptar os seus actuais veículos para o transporte de passageiros de mobilidade reduzida, sem que fosse dado qualquer apoio para esse fim. A estratégia estava montada e consistia em partir desse simulacro de consulta para dizer que, então, era necessário um concurso para a atribuição de mais 50 alvarás, fora do contigente geral. A CDU atenta a esta manobra, que a ser aprovada prejudicava seriamente os taxistas, entregou uma proposta alternativa que não implicava o aumento das licenças, mas garantia a efectiva existência de táxis adaptados mediante um financiamento àqueles que já detêm a licença.

Ler Documento em PDF

Sector do Táxi: Edita apelo público ao voto na CDU!

taxi160.jpgA CDU iniciou a distribuição de um comunicado ao Sector do Táxi, onde reafirma os compromissos da CDU com o Sector, sublinha o exemplo do PEC como exemplo da política de direita (criado por Portas e Ferreira Leite, reforçado por Sócrates, e só combatido desde o início pela CDU), e apresenta um vasto conjunto de apoiantes do Sector que reforçam o apelo ao Voto na CDU.

Ler Comunicado em PDF

CM Lisboa: Só a CDU esteve do lado do sector do táxi!

taxi.jpgPor decisão do PS, PSD, Helena Roseta e Sá Fernandes, O contingente de táxis em Lisboa vai aumentar. São mais 50 licenças a somar às já existentes! Esta medida, tomada a propósito da justa introdução de veículos adaptados ao transporte de pessoas com mobilidade reduzida, revela um total desconhecimento (ou desinteresse) do sector do táxi em Lisboa, onde o excesso de licenças já se está a traduzir em enormes dificuldades económicas face à redução da procura.

Ler Comunicado ao Sector do Taxi

Comunicado do PCP ao sector do táxi da Cidade de Lisboa

txlisboa1.jpgPerante a intenção expressa da Câmara Municipal de Lisboa de alargar o número de licenças de taxi na Cidade, o Sector dos Transportes da ORL editou um comunicado aos taxistas onde sublinha a sua posição de que o transporte de pessoas de mobilidade reduzida (medida que justificaria este alargamento das licenças) deve ser feito com apoios financeiros para a adaptação dos táxis existentes, e não pelo aumento do contingente actual, pois qualquer alargamento do número de licenças significará uma degradação ainda maior das dificuldades económicas que se abatem sobre o sector.

Ler Comunicado em PDF

Sector do Táxi: Posição Pública de Apelo ao Voto na CDU

taxicdu.pngPara um vasto conjunto de cooperantes, micro, pequenos e médios empresários do sector do táxi, as eleições de 7 de Junho assumem-se como uma oportunidade muito importante para afirmarem a necessidade da ruptura com a política de direita em Portugal e na Europa, e para se assumir o voto na CDU, o único voto consequente que serve os interesses do país e do sector. Razões que os levaram a dirigir um apelo público ao voto na CDU.

Aos Taxistas: luta pelo gasóleo profissional vai continuar!

O Sector dos Transportes editou um Comunicado aos Taxistas, onde sublinha que a resolução da crise que atravessa o sector não será encontrada pela intensificação da exploração dos trabalhadores taxistas nem pelo sucessivo agravamento dos custos a suportar pelos utentes, antes se exige a satisfação pelo Governo da reivindicação sectorial de acesso ao gásoleo profissional.

Ler Comunicado em PDF