PCP nos 40 anos da Autocoope

mini-IMG 20150321 201237O PCP esteve representado na Festa comemorativa dos 40 anos da Autocoope, a maior cooperativa de táxis da Europa. Na sua intervenção, o deputado David Costa saudou a Cooperativa e sublinhou que o PCP mantem ao longo dos anos uma constante intervenção parlamentar em defesa do sector do táxi. Na jantar/festa, que contou com mais de 600 presenças, destaque ainda para a homenagem ao General Vasco Gonçalves e ao poeta da revolução, Ary dos Santos.

PCP com o Sector do Táxi

O PCP colocou na Assembleia da República duas iniciativas em apoio ao sector do táxi. que enfrenta crescentes dificuldades fruto da política do Governo. Um requerimento ao Governo sobre as medidas efectivas para combater a concorrência desleal da multinacional UBER e uma proposta na Comissão de Economia para uma Audição das Associações do Sector e do IMT. 

Requerimento sobre a UBER

Requerimento à Comissão de Economia

PCP coloca na Assembleia da República justas preocupações do Sector do Táxi

Na sequência da reunião realizada com a Federação Portuguesa do Táxi, o PCP colocou na Assembleia da República um conjunto de perguntas ao Governo que abordam algumas das justas preocupações expressas pelo sector do táxi. Um sector que tem sofrido um brutal aumento da carga fiscal ao mesmo tempo que vê o Governo estimular todo o tipo de práticas concorrenciais, que na prática, reduzem cada vez mais os rendimentos de quem vive desta actividade.

Ver os requerimentos sobre formação, concorrência e praças do Aeroporto e Porto de Lisboa

Também no Sector do Táxi cresce o apoio à CDU

comunicado taxi cduÉ preciso votar CDU! Este o apelo de um conjunto de apoiantes da CDU no Sector do Táxi, desde dirigentes da Federação Portuguesa do Táxi, a dirigentes de Cooperativas como a Autocoope e a Eurocoope, a taxistas e funcionários. Um apelo acompanhado de mais três razões para no dia 25 se votar CDU!

Ler Comunicado em PDF

Sector do Táxi em luta contra o Orçamento de Estado para 2014

 Convocado pela Federação Portuguesa do Táxi e pela ANTRAL, realizou-se hoje uma importante Marcha do Sector do Táxi contra o Orçamento de Estado 2014. O PCP expressou a sua solidariedade com a luta do sector face a um orçamento que penaliza os trabalhadores e os pequenos e médios empresários do sector, sacrificados no altar da especulação e do grande capital.

PCP solidário com a luta do Sector do Taxi

20130429taxiO Deputado do PCP, Bruno Dias, esteve presente na acção de luta promovida pela Federação Portuguesa do Taxi e pela ANTRAL. Na ocasião, expressou a solidariedade do PCP com o sector, vítima das políticas recessivas do governo, apontando a necessidade de medidas activas no plano da redução de custos de produção (combustível e impostos. por exemplo) e do aumento da procura (nomeadamente através da eliminação das restrições abusivas no transporte de doentes). 

Comunistas no Sector do Táxi apelam à adesão à greve geral

mini-taxiwebA Organização do PCP no Sector do Táxi está a distribuir aos trabalhadores do Sector um comunicado onde se apela à adesão à greve geral de 14 de Novembro, e onde se sublinha as fortes razões para essa adesão, pelos graves problemas que estão a afectar o sector e pelas efeitos na procura das brutais consequências da política de roubo nos salários dos restantes trabalhadores.

Ler Comunicado em PDF

PCP em luta em defesa do Sector do Taxi

 

mini-taxi luta

Intervindo em defesa dos profissionais do Sector do Táxi, o PCP apresentou na Assembleia da República um projecto de resolução onde exige medidas concretas do governo para a defesa de um sector profundamente atingido pela crise capitalista, onde cresce a exploração e aumentam as falências.

 

Ler Projecto de Resolução em PDF

 

PCP exige apuramento total da violação da legislação laboral e de segurança rodoviária na Vimeca

O PCP já por diversas vezes denunciou a repetida violação, por parte da empresa Vimeca, dos direitos dos seus trabalhadores, nomeadamente através da imposição de horários brutais, que violam a legislação laboral e a segurança rodoviária, Infelizmente, quer os anteriores governos quer a ACT sempre recusaram cumprir o seu papel. Agora, quando as condições de trabalha originaram um acidente mortal, a reação da empresa foi despedir o trabalhador e exigir-lhe uma indemnização. Apontando a decisão do tribunal, que anulou o despedimento, o PCP exige do Governo que apure todas as responsabilidades da empresa pela sistemática violação da legislação e as responsabilidades da própria ACT.

Ler Requerimento em PDF

Em defesa do sector do táxi, lutar contra a agressão ao país!

taxi_cdu2011.jpgO caminho de desastre que PS/PSD/CDS estão a impor ao país, ao submeterem-se aos ditames coloniais da "troika", afecta brutalmente o sector do táxi - directamente, pois vão sofrer as consequências das medidas acertadas, e indirectamente, pois vão sofrer as consequências da recessão no sector que esta política vai provocar. A CDU apela à resistência e à luta, e apela ainda a que a jornada eleitoral de 5de Junho seja vista como uma oportunidade de combater estas medidas e reforçar quem está do lado dos trabalhadores e do povo.

Ler o Comunicado em PDF