Vigilantes Comunistas editam novo Boletim

A Organização dos Vigilantes comunistas fez sair o seu Boletim de Setembro/Outubro, onde aborda temas como a discussão em curso sobre os vigilantes passarem a andar armados, a revisão salarial para 2009, a Festa do Avante e a luta contra o Código do Trabalho.

 

Ler o Boletim em PDF

Editado Boletim para os trabalhadores da Vigilância

O Boletim de Julho / Agosto da Organização dos Vigilantes Comunistas está já em distribuição, abordando matérias como a exploração desenfreada na CLSP - Segurança Privada Unipessoal, o aumento de injustiças em Portugal e as medidas que o PCP apresentou para aliviar a "corda na garganta" de tantos portugueses.

 

Ler Boletim em PDF  

Vigilantes Comunistas sobre os Direitos dos Trabalhadores do Sector

A Organização dos Trabalhadores Comunistas no Sector da Vigilância editou o seu boletim de Maio, onde aborda um conjunto de matérias de interesse relevante para os vigilantes, como seja o direito a férias e à remuneração justa das horas extraordinárias. A proposta do Governo de revisão gravosa do Código de Trabalho, e as manifestações do 25 de Abril e do 1º de Maio são outras matérias abordadas.

 

Ler Boletim em PDF 

Polivalência no Sector da Vigilância

A Organização dos Vigilantes Comunistas editou um novo Boletim, onde se denuncia a extrema polivalência que marca o sector. Abordam ainda a situação na empresa A. Oliveira.

Vigilantes Comunistas apelam à luta e unidade

Os Vigilantes Comunistas fizeram sair o seu Boletim de Janeiro / Fevereiro de 2008, onde tomam posição sobre a Negociação Colectiva para o Sector para 2008, e onde destacam os avanços já conseguidos no reforço da unidade e acção dos trabalhadores do sector, mas o muito que ainda é preciso avançar nesta linha de trabalho. O aumento de 2,91% para 2008 alcançado - nos seus aspectos positivos e negativos - é lido à luz desta realidade.

 

Ler o Boletim em PDF 

Comunistas respondem à arrogância e sede de lucros do patronato na vigilância

O Sector da ORL dos Trabalhadores Comunistas na Vigilancia fez sair já o seu Boletim de Dezembro, onde se destaca a análise às escandalosas propostas patronais de revisão do CCT para 2008 - redução salarial (mascarada de um aumento de 2,1%) e perda de direitos e retribuições em toda a linha. A luta é o único caminho para derrotar estes projectos do patronato!
 

Boletim dos Vigilantes Comunistas apela à luta!

Com o título "Empresas de Segurança com gigantescos lucros à custa do trabalho dos vigilantes e de há quatro anos lhes reduzirem o salário real" saiu o Boletim de Novembro do Sector da Vigilância da DORL.

 

Ler Boletim em PDF