Acção Pública da CGTP-IN: "Direito a trabalhar com vida pessoal e familiar"

A CGTP-IN promoveu ontem, dia 10 de Dezembro uma acção pública na Rua do Carmo em Lisboa, com o tema "Direito a trabalhar com vida pessoal e familiar". No documento distribuído ao som de diversos testemunhos na primeira pessoa exemplificando a repressão existente nos locais de trabalho, a CGTP-IN lembra o artigo 59ª da Constituição da República Portuguesa que declara que todos os trabalhadores têm direito à "organização do trabalho em condições socialmente dignificantes, de forma a facular a realização pessoal e a permitir a conciliação da actividade profissional com a vida familar". Quem está contra a lei, contra a Constituição da República é o Governo PSD/CDS-PP e o grande patronato ao promoverem a imposição de bancos de horas, violações no horários de trabalho, violações a direitos contratuais e legais relativos a descansos. Na Acção Pública a CGTP-IN apresentou ainda um conjunto de propostas para que sejam efectivados os direitos constitucionalmente garantidos.