Posição da Direcção do Sector Intelectual de Lisboa do PCP sobre as recentes medidas para a cultura

O governo do PSD/CDS anunciou o que designa como medidas de reestruturação da Administração Central. Tal como o governo PS fez com o PRACE, agora com o pomposo nome de PREMAC - Programa de Redução e Melhoramento da Administração Central - o que o governo procura é um novo salto qualitativo na demissão do papel do Estado no cumprimento das suas funções constitucionais na prestação de serviços públicos, ao mesmo tempo que ataca brutalmente os direitos e os salários dos trabalhadores da Administração Pública.

Continuar...

Faleceu José Manuel Osório

jose_m_osorio.jpgCom o falecimento de José Manuel Osório, o PCP, o Portugal de Abril, a democracia portuguesa e o povo de Lisboa e, sobretudo, o Fado, perderam um artista empenhado, um estudioso apaixonado, um militante determinado.

Continuar...

Apelo dos Intelectuais Comunistas da Área do Património

eleies_legislativas_2011_-_patrimnio-1.jpgO objectivo das troikas é "construir um Estado que sirva apenas para favorecer os negócios de milhões dos grandes grupos económicos e financeiros, destruindo o princípio de um país para todos os portugueses" denuciam os Intelectuais Comunistas da Área do Património num apelo recentemente publicado. "A finalidade dos grandes grupos capitalistas é criar a aberração de um Estado garantidor dos seus lucros. Para estes que se privatize tudo: da água ao património, dos sectores financeiros aos sectores chave dos transportes e da indústria. Os lucros serão para os capitalistas, os prejuízos serão pagos por quem vive da sua força de trabalho" acrescentam.

No que respeita à Cultura estes intelectuais dizem: "Estas políticas de ataque ao emprego público subscritas pelo PS, PSD e CDS, em nome da solução da crise, não farão mais que agravar as deficiências do funcionamento da administração estatal e da situação económica e social do país. Assim como têm tido e terão consequências catastróficas para a cultura em geral e para o património histórico em particular".

Ainda no mesmo comunicado podemos ler: Por uma política patriótica de esquerda que defenda o desenvolvimento nacional, o valor do trabalho e o património cultural que é de todos os portugueses, os intelectuais comunistas apelam ao voto na CDU no próximo dia 5 de Junho".

Ler comunicado em PDF

Psicólogos Apoiam a CDU!

psicologoscdu.jpg

"A situação económica e social em que nos encontramos é o resultado de 35 anos de governos do PS, PSD e CDS, os mesmos partidos que assinaram o acordo com a Troika F.M.I./ F.E.F./ U.E. que pretende impôr a continuação das mesmas políticas." afirmam os psicólogos que apoiam a CDU num documento que se encontra agora .em distribuição.

Para além desta clara identficação dos responsáveis  pela dramática situação em que o país se encontra, estes profissionais rejeitam um amplo conjunto de medidas do governo que descriminam no mesmo documento e contrapõem com as alternativas propostas pela CDU.

Ler documento em PDF

São já 131 os professores do Distrito de Lisboa que assinaram o apelo ao voto na CDU!

O Manifesto de Professores em Apoio à CDU lançado a semana, passada conta já com o apoio de 131 professores (lista completa de nomes em "Ler Mais"). Um Manifesto onde se sublinha que "Em 5 de Junho, os portugueses vão eleger deputados à Assembleia da República e está nas suas mãos escolher uma verdadeira alternativa, baseada numa política patriótica e de esquerda que rompendo com a política de direita, aposte no desenvolvimento económico, na melhoria das condições de vida dos trabalhadores e do povo, na defesa do interesse público e dos direitos dos cidadãos e recupere e afirme a soberania nacional."

Enviar o apoio à CDU aqui

Continuar...

Pela revitalização, fortalecimento e expansão do Sistema Científico e Técnico Nacional!

doc_cta-1_copy.jpg

Sob o lema em epígrafe a CDU apresenta a denúncia e expõe as suas soluções e propostas para o sector da Ciência e Tecnologia num comunicado agora publicado. Nele é sublinhado que a aposta na ciência passa de forma indelével pela aposta nos que nela trabalham.

No mesmo documento são ainda valorizadas as lutas dos investigadores e bolseiros potugueses e é feito, naturalmente o apelo ao voto a CDU.

Ler comunicado em PDF

Votar CDU: Por uma política patriótica e de esquerda no Ensino Superior

enssup.jpgA CDU está a distribuir um comunicado sobre o Ensino Superior, que começa por lembrar que "Durante os últimos 35 anos, sucessivos governos de direita levaram a cabo uma vaga de ofensivas contra o Ensino Superior Público: desde o desinvestimento e desresponsabilização, aos sucessivs cortes financeiros, à introdução de propinas, passando pelo assassiniio da gestão democrática dos órgãos de gestão bem como a abertura às fundações e consórcios."

Ler Documento em PDF

A política de Direita privatiza e mercantiliza a Cultura. A "austeridade" ameaça destruir o resto

sicultura.jpgEstá em distribuição o Manifesto do Sector Intelectual para as Legislativas de 5 de Junho de 2011, com o título de «A política de Direita privatiza e mercantiliza a Cultura. A "austeridade" ameaça destruir o resto». Um Manifesto que termina com a seguinte afirmação: «a energia criador de todos os que intervêm nas áreas da cultura é, necessariamente, parte integrante dessa radical mudança de rumo político. E do cinzento e da mediocridade actual, ressurgirá, com todas as cores, todas as formas, todas as palavras, todos os sons, todas as imagens, toda a força criadora do Portugal de Abril!"

Ler o Manifesto em PDF

Professores lançam Manifesto de apoio à CDU

logo2011.jpgO Manifesto de Professores em Apoio à CDU foi lançado esta semana, começando por sublinhar que "Em 5 de Junho, os portugueses vão eleger deputados à Assembleia da República e está nas suas mãos escolher uma verdadeira alternativa, baseada numa política patriótica e de esquerda que rompendo com a política de direita, aposte no desenvolvimento económico, na melhoria das condições de vida dos trabalhadores e do povo, na defesa do interesse público e dos direitos dos cidadãos e recupere e afirme a soberania nacional."

O Manifesto pode ser subscrito aqui

Professores apoiam a CDU

Em 5 de Junho, os portugueses vão eleger deputados à Assembleia da República e está nas suas mãos escolher uma verdadeira alternativa, baseada numa política patriótica e de esquerda que rompendo com a política de direita, aposte no desenvolvimento económico, na melhoria das condições de vida dos trabalhadores e do povo, na defesa do interesse público e dos direitos dos cidadãos e recupere e afirme a soberania nacional.

Uma política alternativa e de esquerda, onde a Escola Pública de qualidade e para todos seja um elemento central do progresso e desenvolvimento do País.

O ataque à Escola Pública, e aos professores e educadores em particular, foi um dos aspectos centrais da política de direita protagonizada pelo governo do PS, com o apoio do PSD e do CDS-PP nas questões fundamentais. Contra esta brutal ofensiva os docentes reagiram e lutaram exigindo sempre uma Escola Pública, Democrática e para Todos, onde a valorização da profissão docente seja uma realidade.

Esse mesmo empenho e determinação dos professores e educadores é necessário no apoio e no voto na CDU em 5 de Junho valorizando o constante apoio e a solidariedade demonstrado pela CDU, pelos deputados do PCP e do PEV, nas lutas travadas contra o Estatuto da Carreira Docente, a Avaliação de Desempenho Docente, as alterações curriculares ou em defesa da Gestão Democrática, através de muitas iniciativas legislativas, dando expressão e voz às reivindicações dos professores e educadores.

Esse mesmo empenho e determinação dos professores e educadores é necessário para reforçar a CDU e prosseguir a luta por um modelo de gestão escolar que devolva a democracia à Escola Pública, por um modelo de financiamento que garanta a universalidade e democraticidade do acesso ao ensino e pela garantia de que todos os docentes têm condições de trabalho dignas e acesso à uma formação de qualidade e gratuita.

No dia 5 de Junho os professores votam na ESPERANÇA E NO FUTURO

No dia 5 de Junho os professores votam na RUPTURA COM A POLÍTICA DA DIREITA

No dia 5 de Junho os professores votam numa POLÍTICA PATRIÓTICA E DE ESQUERDA

No dia 5 de Junho VOTA CDU

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.">
Nome
Escola
Comentários:
 

Subcategorias