Não há jornalismo de qualidade com precariedade e baixos salários

logo campanha2016“Estágios, curriculares ou profissionais, recibos verdes ou contratos temporários, são a regra e uma forma cada vez mais utilizada para baixar salários, garantir a redução de postos de trabalho, o condicionamento do que se escreve e uma mais fácil imposição da desregulação horária e do trabalho extraordinário não pago.”Ler em PDF