Depois de importantes vitórias em 2016, a luta continua em 2017!

02012017metrolisboaValorizando os avanços conseguidos em 2016 pelos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, a Célula do PCP sublinha a necessidade de continuar a luta em 2017, sublinhando duas vertentes dessa luta: a luta em defesa do serviço público prestado, que atinge níveis brutais de degradação da fiabilidade e qualidade; a luta pela plena concretização do Orçamento de Estado de 2017 e pela acesso pleno à contratação colectiva de todos os trabalhadores do Metropolitano. Um comunicado onde a Célula convida todos os trabalhadores a reforçarem o PCP.

Ler Comunicado em PDF

PCP contra aumento de preços nos transportes e nas portagens

precostransportesportagO PCP apresentou hoje um requerimento ao Governo sobre os aumentos de preços decretados para os transportes e para as portagens, criticando quer esses aumentos, quer o facto de o governo optar por consolidar os brutais aumentos nos transportes impostos pelo anterior governo, quer o facto do governo ter optado por publicar o despacho dos aumentos para os transportes demasiado tarde, face aos prazos de divulgação prévia aos utentes e aos prazos para articular com outras entidades, públicas e privadas, a politica tarifária. 

Ler Requerimento em PDF

Serviços Mínimos Ilegais serão derrotados: Governo alia-se às multinacionais para tentar reprimir luta dos APA

cartaz apaz dez2016mO PCP confrontou hoje o Governo com o despacho ilegal que o mesmo realizou contra a luta dos APA's. À semelhança do acontecido em Agosto, o Governo tenta dar carta branca à patronal para requisitar todos os trabalhadores para serviços máximos, violando ainda a lei ao não identificar os voos que constituem serviços mínimos e os trabalhadores necessários. O conceito que o Governo tenta impor - a de que os trabalhadores têm que garantir toda a operação - é ilegal e insconstitucional. O PCP apela aos trabalhadores para defender na prática o seu direito a lutar pelo trabalho com direitos.

Ler Requerimento em PDF

Greve na Carristur com elevada participação, PCP exige respostas do Governo!

ilustrarlutacarristurOs trabalhadores da CarrisTur realizam hoje o primeiro de uma série de dias de greve na sua justa luta contra o roubo dos salários (desde Fevereiro que o governo se recusa a pagar-lhes os 630 € que manda o contrato colectiva da CarrisTur e lhes paga apenas 560 €). A greve está a registar elevados níveis de adesão. O PCP confrontou o Governo com esta questão, exigindo respostas urgentes que respeitem os direitos dos trabalhadores da CarrisTur.

Ler Requerimento em PDF

PCP requere presença da ANAC no Parlamento face à sua flagrante subordinação à ANA/VINCI

anac desreguladorO PCP entregou um requerimento na Assembleia da República um requerimento para que seja chamado o Presidente da ANAC. No texto,o PCP expõe múltiplos exemplos do comportamento parcial e submisso aos interesses da multinacional Vinci que a ANAC tem adoptado, confirmando que estes reguladores são apenas ditos independentes, e no caso em apreço confirmando todos os receios já expressos pela própria Assembleia quando da nomeação do actual presidente da ANAC.

Ler Requerimento em PDF 

PCP confronta Governo com falta de respostas à luta contra a precariedade e a exploração no Handling

cartaz handlingQuando os trabalhadores do sector preparam uma jornada de luta para os próximos dias 28, 29 e 30 de Dezembro, o PCP confronta o Governo na Assembleia da República com os atrasos na concretização de decisões da Assembleia da República e de compromissos públicos do próprio Governo que tornam o Governo directamente responsável por esta greve. É que não basta o Governo declarar-se preocupado com a situação, ele tem que agir na regulamentação e combate à precariedade e insegurança.

Ler Requerimento em PDF

Mais um sector estratégico em risco na Ferrovia: a Unidade de Inovação e Desenvolvimento da EMEF

quadradoemefuidQuando em 2012 o Governo alienou a Unidade de Investigação e Desenvolvimento da EMEF, vendendo-a em 65% à multinacional NOMAD Digital, o PCP alertou para os perigos que essa venda comportava para a CP, para a EMEF e para a soberania nacional. Face às notícias da venda da própria NOMAD Digital, e dos perigos de encerramento dos projectos em desenvolvimento em Portugal, o PCP questionou o Governo sobre as medidas que pretende tomar para defender a soberania e o aparelho produtivo nacional.

Ler Requerimento em PDF

Editadas as intervenções sobre o Sector dos Transportes proferidas no Congresso do PCP

capaXXcongressoO Sector dos Transportes da ORL está a distribuir um Boletim reunindo as intervenções sobre o sector realizadas no XX Congresso do PCP: Quer as realizadas por delegados das células do sector (Ferroviários, Metropolitano de Lisboa, Carris, Sector Aéreo e Sector do Táxi) quer as realizadas por outras organizações mas directamente sobre os transportes (Ferroviários de Setúbal, Luta dos Utentes e Luta pelo Passe Social).

Ler Boletim em PDF

Consequências da privatização da ANA: trabalhadores sem estacionamento no local de trabalho (mas os parques existem!)

IMG 1315Os Vereadores do PCP na Câmara Municipal de Lisboa (João Ferreira e Carlos Moura) visitaram hoje o aeroporto de Lisboa acompanhados de estruturas representativas dos trabalhadores do Aeroporto (SITAVA, CT SPDH, USL, SCIF-SEF, ASPP-PSP e APIT) para aprofundar o dramático problema da falta de estacionamento para os trabalhadores provocada pela política da multinacional Vinci, e cujos efeitos se fazem sentir nos bairros vizinhos ao Aeroporto. Uma situação que afecta particularmente os trabalhadores mais precarizados (dos prestadores de serviços e das ETT), mas está a agravar-se para os trabalhadores efectivos das empresas estruturantes da actividade aeroportuária e para os profissionais das forças de segurança destacados para o aeroporto. Apesar da abundante chuva, foi possível constatar o trajecto imposto aos APAS, por exemplo, cujos horários não permitem a utilização de transportes públicos, e que têm que percorrer quase um quilómetro à chuva e fardados porque tão pouco a ANA lhes disponibiliza uma sala para mudar de roupa. O PCP comprometeu-se a levar estas reivindicações à Câmara Municipal e ao Governo, apontando para a questão de fundo, a necessidade de retomar a gestão pública da ANA.

CarrisBus: PCP alerta trabalhadores em visita às oficinas da Musgueira e Cabo Ruivo

IMG 1488O PCP visitou as oficinas da Musgueira e de Cabo Ruivo da CarrisBus (empresa que garante a manutenção e reparação da frota da Carris), levando um alerta para as consequências agravadas da não existência de contratação colectiva face ao OE 2017, informando das iniciativas já tomadas pelo PCP e expressando a convicção que a luta pela Contratação Colectiva será vencida pelos trabalhadores da CarrisBus.

Ler Requerimento sobre a CarrisBus colocado pelo PCP