Não dar tréguas à lei da selva dos despedimentos no Sector dos Seguros

No Sector Segurador intensifica-se o recurso ao despedimento sucessivo de trabalhadores. Concretizaram-se centenas de rescisões nos últimos dois anos, com maior expressão na Axa, Açorena e Zurich, muitas vezes com recurso à coacção, à violência psicológica e impedimento de acesso a locais de trabalho. Recentemente foi a vez do Grupo Novo Banco - Companhia de Seguros Vida, que anunciou o despedimento de 13 trabalhadores depois de ter encerrado 2015 com lucros de 96,5 milhões de €. 

 

Ler documento em PDF