Trabalho à borla, não!

mini-interjovem cesp denunciam fim feriado"Hoje estás a trabalhar um feriado porque o Governo to roubou", denunciaram a Interjovem e o CESP esta manhã, numa acção de contacto com os jovens trabalhadores dos Armazéns do Chiado. Trata-se do roubo de quatro feriados e três dias de férias, num total de sete dias de trabalho gratuito, sem qualquer remuneração.
Esta acção serviu ainda para esclarecer os trabalhadores sobre a importância de estarem sindicalizados e sobre o seu direito à contratação colectiva. No contexto de uma elevadíssima taxa de desemprego jovem, é imperioso que os jovens trabalhadores não se resignem e continuem a lutar pelos seus direitos!