Sector da Saúde do PCP apela aos trabalhadores do Sector a lutar pela saúde aderindo à greve geral

saude2010nov.jpgO Sector da Saúde de Lisboa do PCP está a distribuir aos trabalhadores do sector o seu Boletim de Novembro. Um documento onde se aborda o ataque ao Serviço Nacional de Saúde em curso, bem como as consequências que tal ataque tem sobre a população e os trabalhadores. Um Boletim onde se apela à adesão à Greve Geral como forma de "Lutar pela Saúde!".

Ler Boletim em PDF

PCP: Em defesa da Saúde para todos e dos direitos dos trabalhadores do Sector

saudedez09.jpg

Está em distribuição o Boletim do Sector da Saúde da ORL do PCP. De entre o conjunto de artigos dedicados ao sector, destacamos os seguintes: Viva o Serviço Nacional de Saúde; De como o dinheiro para a Saúde vai parar aos bolsos dos privados; "taxas moderadoras"; Em risco o ACT para os Hospitais EPE; O silenciamento do PCP e das suas iniciativas; extinsão das carreiras nos serviços gerais de saúde. 

Ler Boletim em PDF

Célula do PCP no Curry Cabral edita comunicado

ccabral.jpgA Célula do PCP no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, dirige-se aos trabalhadores do Hospital, num comunicado onde contesta o modelo de gestão imposto pela política de direita, e sublinha as consequências desse modelo para utentes e trabalhadores.

Ler Comunicado em PDF

Mais de Mil Enfermeiros em Luta por melhores salários e carreira digna!

capa2enf.jpg

Concentraram-se hoje, em frente ao Ministério da Saúde em Lisboa, várias centenas de enfermeiros vindos de todo o país. Mobilizados e organizados por quatro sindicatos, SEP, SERAM, SIPE e SE vieram até Lisboa, exigir da Ministra da Saúde, que se preocupe "menos" com a gripe e respeite a grelha salarial que tem, no entender dos profissionais, de ser correspondente às características da sua profissão. Profissionais licenciados e com elevado risco no desempenho das suas funções de tão grande importância em todos os serviços de saúde. Entre as palavras de ordem ouvia-se, "exigimos remuneração adequada à formação", "basta de ser explorada a formação especializada". 

Ler Moção em PDF

Trabalhadores do Sector da Saúde (Lisboa) apoiam a CDU

saudecdu.pngOs vários governos que se sucederam no poder, depois da criação do Serviço Nacional de Saúde, apostaram na sua desvalorização e privatização. O actual Governo PS/Sócrates prosseguiu e agravou a mesma política de direita, ao serviço dos grandes grupos financeiros visando transformar a saúde um fabuloso negócio.  As próximas eleições para o Parlamento Europeu, a que a CDU se apresenta, constituem uma oportunidade para penalizar esta política.

Ler Comunicado em PDF

Grande Manifestação de Enfermeiros com 5000 profissionais nas ruas!

capa.jpg

O Dia Internacional do Enfermeiro, ficou hoje, marcado pela Luta e pela Greve destes profissionais. Milhares de enfermeiros concentraram-se em frente ao Ministério da Saúde, onde uma delegação dos sindicatos entregou a lista dos enfermeiros precários, para que tenham um contrato de trabalho digno. Seguiram depois, numa grande manifestação, a maior de todos os tempos no país, até São Bento, para na residência oficial do primeiro ministro, fazerem ouvir o seu protesto. Por uma carreira profissional digna, para que não sejam licenciados de segunda, para que seja respeitada a importância que tem o seu trabalho, nos hospitais e centros de saúde.
 

Sector da Saúde da ORL lança Boletim de Maio

saudemaio.jpg

A criação de um serviço público de saúde resultou em Portugal da iniciativa revolucionária do povo e de muitos profissionais de saúde no contexto da Revolução de Abril. A Constituição designou-o como Serviço Nacional de Saúde e inscreveu-o como instrumento da concretização da responsabilidade prioritária do Estado em garantir o direito à saúde (art.º 64º).

Ler Comunicado em PDF

Sector da Saúde da ORL lança Boletim

saude.jpg

Como todos sabem o PCP sempre se bateu pela criação e pela defesa de carreiras para todos os profissionais nos departamentos do Estado. Tem sido uma luta renhida, travada pelos sindicatos no seu âmbito de intervenção, com particular destaque para os trabalhadores comunistas.

Ler Boletim em PDF 

Porque é tão atacado o SNS?

Editou o Sector da Saúde da ORL o seu Boletim de Janeiro, onde se pode ler: Quase quatro anos passados de Governo Sócrates/PS são já bem perceptíveis as verdadeiras intenções do seu executivo, nomeadamente na área da saúde. E o que faz correr estes pseudo-socialistas, na breve passagem pelo Governo (trampolim para as confortáveis cadeiras de concelhos de administração empresariais): satisfazer os interesses dos grandes grupos financeiros!

Ler Boletim em PDF

Greve Enfermeiros (30/9 e 1/10) com 72% de adesão!


A Greve dos Enfermeiros que se iniciou este 30 de Setembro e prossegue no dia 1 de Outubro, regista níveis de adesão muito elevados - 72% às 12.45 - confirmando o profundo descontentamento e mobilização dos enfermeiros portuguesesa.