Enfermeiros do Centro Hospitalar Lisboa Norte em luta

mini- MG 7490Mais de 300 enfermeiros do Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN) realizaram ontem uma concentração em frente ao Hospital de Santa Maria. Esta acção surge na sequência da greve de 3 horas que estes trabalhadores realizaram no mesmo dia. Os enfermeiros do CHLN protestaram contra a desigualdade de direitos dos trabalhadores de enfermagem que estão sujeitos ao Contrato Individual de Trabalho (CIT) e reivindicaram condições de igualdade em relação aos seus pares com Contratos de Trabalho de Funções Públicas, nomeadamente quanto ao salário auferido.

Adesão de 100% no Hospital Dona Estefânia reflexo da grande greve geral no sector da saúde

mini- MG_9070No Hospital Dona Estefânia a adesão à greve é de 100%, tendo Arménio Carlos destacado no contacto que aí realizou com o piquete de greve ser essa a realidade de inúmeros locais de trabalho do sector da saúde por todo o país!

Trabalhadores e Utentes prosseguem luta contra encerramento da Alfredo da Costa

mini-macusar19Os trabalhadores e utentes da Maternidade Alfredo da Costa prosseguem com a luta contra o encerramento desta unidade de saúde. Este dia 19, realizaram uma Marcha entre a Maternidade e o Ministério da Saúde onde exigiram a mudança de rumo na política governamental de liquidação do SNS. O PCP, activamente solidário com esta luta, sublinhou a importância de todas as lutas contra as criminosas consequências do Pacto de Agressão.

14 Abril - Marcha Nacional em Defesa do SNS

200manif2cores-frente

Diversos Movimentos de Utentes da Saúde, a CGTP-IN, a União dos Sindicatos de Lisboa, os Sindicatos representativos dos profissionais da saúde e o MURPI convocaram para o próximo dia 14 de Abril uma Marcha Nacional em Defesa do SNS que será concretizada em mais de 12 localidades um pouco por todo o país. Em Lisboa, essa acção iniciar-se-á no Chiado às 15h00 com deslocação para a Rua Augusta.

Ler Comunicado de Apelo

O povo saiu à Rua em defesa da Maternidade Alfredo da Costa

mini-MAC PVH-14Respondendo ao apelo dos trabalhadores, utentes e diversas outras organizações, deu-se neste dia 10 uma importante resposta à anunciada intenção do Governo de encerrar a Maternidade Alfredo da Costa. Uma luta que prossegue já no dia 14 (Manifestação Nacional) e no dia 19. 

Boletim do Sector da Saúde do PCP apela ao reforço da luta, em defesa do SNS e dos direitos dos trabalhadores

ssaude2012ggO Boletim de Março do Sector da Saúde do PCP/Lisboa, partindo da valorização do contributo do Serviço Nacional de Saúde para o desenvolvimento do nosso país, denuncia as políticas em curso contra o SNS e contra os profissionais do sector, nomeadamente por via do tentativa em curso de revisão do código de trabalho. Sublinhando que existe uma alternativa ao rumo de destruição que está a ser implementado, o PCP apela à grande adesão à greve geral de 22 de Março, em defesa dos direitos dos trabalhadores e do próprio SNS.

Ler Boletim em PDF

Direita e Troika apostam na destruição do Serviço Nacional de Saúde

saude2012fevDenunciando os objectivos do Governo e da troika ocupante, de destruir o SNS, o Boletim da Organização do PCP no  Sector da Saúde denuncia ainda o verdadeiro caracter das ditas "taxas moderadoras", chamando-lhe mortíferas e financiadoras, informa da visita organizada pelo PCP ao Hospital Dona Estefânia e apela ao reforço da luta contra esta política, nomeadamente através da participação na Manifestação de 11 de Fevereiro promovida pela CGTP-IN.

Ler Comunicado em PDF

CDU - Melhor Saúde é Possível!

logo2011.jpgO Sector da Saúde editou um comunicado onde demonstra a possibilidade de uma outra política para a saúde, que inverta o caminho de destruição do SNS que tem sido trilhado, e rejeite aingerência externa.

 

Ler Documento em PDF

Jovens enfermeiros denunciam a precariedade à frente do Hospital Júlio de Matos

mini-sepcopiaweb.jpgO núcleo de Jovens do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, no âmbito da mobilização para a Manifestação Nacional de Jovens Trabalhadores, promoveu junto ao Hospital Júlio de Matos uma denuncia publica da precariedade no sector - Existem só na região de Lisboa cerca de 850 enfermeiros com vínculos precários, na sua maioria jovens, muitos deles com falsos recibos verdes e sub-contratos. O Hospital Júlio de Matos é um exemplo do uso do trabalho precário por parte do estado com cerca de 38 contratados a termo certo e 11 subcontratados a falsos recibos verdes, com horário, chefes e hierarquia e um posto de trabalho fixo.
A Luta continua, numa necessidade de terminar com a precariedade e o desemprego, e com o apelo a que todos os jovens trabalhadores estejam na manifestação de dia 1 de Abril convocada pela Interjovem/CGTP-IN.

Sector da Saúde do PCP saúda grande adesão à greve geral

saudedez.jpgO Sector da Saúde editou um número especial do seu Boletim, dedicado à greve geral de 24 de Novembro, onde se saúda a forte participação dos trabalhadores da Saúde na luta, numa jornada em defesa das suas condições de vida e de trabalho na prestação de cuidados de saúde.

 Sect

Ler Comunicado em PDF