Trabalhadores dos Call Centers em luta contra a exploração: EDP HC Espanha

ccedp luta jun19O PCP marcou presença e expressou a sua solidariedade com a luta dos trabalhadores da Randstad que prestam serviço à EDP e à EDP HC Espanha,  através da deputada à Assembleia da República Ana Mesquita. Desde 2017 que os trabalhadores da EDP HC vivem num clima brutal de instabilidade e repressão, não sabendo o que vai acontecer aos seus postos de trabalho. A estes trabalhadores juntaram-se muitos outros colegas em solidariedade e que continuam a ver  sua vida marcada pelo vínculo precário que têm com a empresa. O PCP tem vindo a denunciar que o recurso à prestação de serviços para a garantia de necessidades permanentes, representa um recurso à precariedade com o objectivo de impor aos trabalhadores subcontratados menos direitos e salários muito abaixo do que os trabalhadores que integram o quadro da EDP e que não há absolutamente nada que o justifique, apenas a ganância e sede de lucros destas empresas e de quem as gere.

Ler Requerimento apresentado na AR, em PDF

O PCP marcou presença e expressou a sua solidariedade com a luta dos
trabalhadores da Randstad que prestam serviço à EDP e à EDP HC
Espanha,  através da deputada à Assembleia da República Ana Mesquita.
Desde 2017 que os trabalhadores da EDP HC vivem num clima brutal de
instabilidade e repressão, não sabendo o que vai acontecer aos seus
postos de trabalho. A estes trabalhadores juntaram-se muitos outros
colegas em solidariedade e que continuam a ver  sua vida marcada pelo
vínculo precário que têm com a empresa. O PCP tem vindo a denunciar
que o recurso à prestação de serviços para a garantia de necessidades
permanentes, representa um recurso à precariedade com o objectivo de
impor aos trabalhadores subcontratados menos direitos e salários muito
abaixo do que os trabalhadores que integram o quadro da EDP e que não
há absolutamente nada que o justifique, apenas a ganancia e sede de
lucros destas empresas e de quem as gere.