Contra os salários em atraso na REDITUS

reditus salarioatrasoFace ao arrastar da situação de salários em atraso na Reditus, o PCP confrontou o governo com a falta de respostas públicas a uma situação de tal gravidade. Nada justifica que um patrão use os salários dos trabalhadores, mas esta utilização abusiva quando esse mesmo patrão tem recebido as verbas cobradas pelo trabalho prestado a grandes empresas a operar em Portugal.

Ler Requerimento em PDF