CTT: Retomar o controlo público para um serviço postal universal de qualidade

201712 grupo cttA degradação do serviço postal na sequência da privatização é tão intensa que é cada vez maior o movimento que exige a sua reversão. No dia 15 de Dezembro, a Assembleia da República discutirá o assunto, mas quer o BE quer o PS admitem um cenário perigoso e inaceitável: retirar a concessão aos CTT. Ora o caminho tem que ser o de retirar os CTT e a concessão àqueles a quem foram oferecidas, único caminho que defende os utentes e os trabalhadores. O PCP saúda ainda a luta dos trabalhadores, nomeadamente a jornada que está marcada para 21 e 22 de Dezembro, e sublinha que será a luta dos trabalhadores que poderá criar as condições para que a reversão seja uma realidade.

Ler Comunicado em PDF