Trabalhadores das Águas de Portugal em luta!

171110 AdP 133Os trabalhadores do Grupo Águas de Portugal estiveram hoje em luta. De manhã, uma concentração frente à sede da EPAL exigiu a aplicação a todos os trabalhadores da empresa do AE da EPAL. À tarde, os trabalhadores de todo o grupo desfilaram entre o Principe Real e a Assembleia da República, exigindo ainda o fim do congelamento salarial e o fim das restrições à contratação de trabalhadores nas empresas públicas. O PCP expressou a sua solidariedade com a justa luta destes trabalhadores em ambas as iniciativas, sublinhando que o Governo só não acaba com as descriminações e os congelamentos se não quiser, pois existem recursos para tal quer no Grupo quer no país.