TNC mais próxima de voltar ao trabalho, graças à luta dos seus trabalhadores!

tncusar_23agosto.jpg Após mais duas grandes jornadas de luta, levadas a cabo pelos trabalhadores da TNC, a concentração no largo Camões junto ao Ministério da Economia no dia 23 de Agosto e o bloqueio à TNC2 iniciado na madrugada de 24 de Agosto, foi possivel avançar mais alguns degraus no complexo e dificil processo de combate à liquidação da empresa.

Os representantes da TNC2, ontem dia 25 de Agosto assinaram no M
inistério da Economia, um protocolo de entendimento com a TNC, de reconhecimento mutuo dos créditos que cada um tem neste processo de insolvência e entrega de um requerimento ao Tribunal do Comercio de Lisboa, não se opondo à marcação de uma Assembleia Geral de Credores para aprovação de um plano de recuperação da TNC. Estão assim criadas as condições para que o juiz do processo de insolvência possa rapidamente convocar a referida reunião. Se tal não se verificar em tempo útil, os trabalhadores da TNC voltarão às acções de luta até que a referida reunião seja marcada.
 
Os Vereadores do PCP na CM de Vila Franca de Xira e os deputados do PCP na Assembleia da República Miguel Tiago e Bruno Dias acompanharam os trabalhadores durante toda a jornada de luta de 24 e 25 de Agosto, dando expressão à solidariedade activa do PCP com a sua luta.
 
 

Solidariedade com a luta da TNC encheu Largo Camões em Lisboa

Realizou-se hoje, no Largo Camões, uma concentração de solidariedade para com a luta dos trabalhadores da TNC, promovida pela USL/CGTP-IN, que contou com a participação dos trabalhadores da Empresa e de dirigentes de dezenas de organizações representativas dos trabalhadores. O PCP, através do seu deputado Miguel Tiago, reafirmou a sua solidariedade com esta luta, sublinhou o papel decisivo dos trabalhadores na defesa da economia nacional, e exigiu ao Governo que cumpra o seu papel impedindo o encerramento desta empresa. Na mesma intervenção, o PCP recordou que a luta dos trabalhadores já conseguiu colocar a maioria dos intervenientes a reconhecer a viabilidade da empresa, mas o que é preciso, e só a continuação da luta pode garantir, é a reabertura imediata da empresa!

TNC - Trabalhadores continuam a lutar em defesa da empresa e dos postos de trabalho

tncjulho19.jpgEsta quinta-feira os trabalhadores da TNC desenvolveram mais uma batalha da luta que travam pela defesa da Empresa e dos postos de trabalho. Exigindo a marcação de uma nova Assembleia de Credores, para reverter o processo de insolvência e passar à viabilização da Empresa, os trabalhadores dirigiram-se ao Campus da Justiça no Oriente para exigir e obter um despacho do juiz que colocasse este processo em andamento. O PCP, alertando para a importância do processo de viabilização se iniciar ainda em Agosto, exige do Governo que tome as medidas necessárias e concretas que materializem o compromisso que o Ministro da Economia assumiu para com os trabalhadores. O PCP saúda ainda todos os trabalhadores da TNC e expressa-lhes a sua activa solidariedade. Só os trabalhadores e a sua luta organizada podem salvar a TNC! .

Trabalhadores da TNC: Levam a luta em defesa da empresa até ao Ministério da Economia

tnc_julho21.jpgOs trabalhadores da TNC prosseguem na sua luta em defesa da Empresa e dos Postos de Trabalho. Hoje trouxeram a luta até ao Ministério da Economia, onde exigiram ser recebidos pelo Governo, e estiveram concentrados no Largo Camões até que essa reunião se concretizasse. Da reunião, realizada com o Ministro da Economia, saiu o compromisso do Governo de intervir para a resolução do problema. Como afirmaram no plenário com que concluiram a acção de luta de hoje: a luta continua! Miguel Tiago, deputado do PCP na Assembleia da República, deslocou-se à concentração para expressar, novamente, a activa solidariedade do PCP com a luta.

Trabalhadores da TNC em marcha lenta de Alverca a Lisboa, em luta pela defesa da Empresa!

tnc_marcha.jpgContinuando a sua luta em defesa da Empresa e dos postos de trabalho, os trabalhadores da TNC dirigiram-se hoje, em marcha lenta de Alverca até Lisboa. Impedidos pela polícia de chegar à Assembleia da República, foi na 2ª circular que receberam a solidariedade do PCP, transmitida pelo deputado Miguel Tiago, que assumiu o compromisso de continuar a ser, na Assembleia, a voz em defesa dos direitos e aspirações dos trabalhadores da TNC.

Trabalhadores da TNC continuam a resistir, em defesa da empresa e dos postos de trabalho!

tnc_capa.jpgNa TNC, empresa transportadora com sede em Alverca, os trabalhadores continuam a resistir à tentativa de liquidar a sua empresa e os seus postos de trabalho. Esta segunda-feira dirigiram-se à Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, onde em reunião com a Presidente da Câmara reivindicaram uma maior intervenção da autarquia na defesa de uma empresa viável que está a ser liquidada por interesses obscuros. Nesta sua ida, os trabalhadores contaram com o apoio activo dos eleitos do PCP na CM VFX.

TNC - Só os trabalhadores podem defender a empresa e os postos de trabalho

tncamiao_usar.jpgMais uma vez, são os trabalhadores que têm que ir à luta para impedir a destruição de uma empresa económicamente viável. É o caso da TNC em Alverca, onde 126 trabalhadores resistem à decisão de insolvência de uma empresa sem dívidas ao Estado ou aos trabalhadores, com trabalho e clientes. O PCP encontra-se activamente solidário com esta luta, tendo o deputado do PCP Miguel Tiago, na sequência do contacto com os trabalhadores no local, apresentado o requerimento ao Governo que se anexa.

 

Ler Requerimento em PDF

Soluções para o Sector Rodoviário de Mercadorias não passam por mais exploração dos Motoristas!

mercadorias2011mar.jpg Em comunicado aos trabalhadores motoristas do sector rodoviário de mercadorias, o PCP sublinha que exige ao Governo medidas concretas face à crise no sector do transporte rodoviário de mercadorias - fixação de um preço máximo para os combustíveis, apoios específicos ao gasóleo para actividades produtivas, entre outras - mas reafirma ao grande patronato e ao governo a sua total recusa de novas medidas que intensifiquem a exploração dos trabalhadores motoristas, e apela aos trabalhadores motoristas para se manterem vigilantes, reforçarem a sua organização de classe e responderem à exploração de que são vítimas com a sua luta.

Ler Comunicado em PDF

Governo obrigado a reconhecer a razão dos trabalhadores da Rodocargo: O roubo dos salários é ilegal!

Na sequência da luta dos trabalhadores da Rodocargo/Barraqueiro e da intervenção do PCP na Assembleia da República, o Governo foi obrigado a reconhecer a ilegalidade da tentativa de redução de salários dos trabalhadores da Rodocargo/Barraqueiro. O PCP apela agora aos trabalhadores para reforçarem a sua unidade e a luta até que a empresa seja obrigado a parar com o roubo nos salários. 

 Ler Resposta do Governo ao requerimento do PCP

Contra a exploração e a ilegalidade na Rodocargo/Barraqueiro, PCP solidário com os trabalhadores!

mini-snc00290.jpg A Empresa Rodocargo do Grupo Barraqueiro entregou este Natal uma peculiar prenda aos seus trabalhadores: uma significativa redução de salário ou o despedimento. Um comportamento duplamente ilegal porque realizado em violação das leis laborais e da contratação colectiva e porque apresenta o claro objectivo de fugir ao pagamento de contribuições para a segurança social. Este dia 3, o deputado do PCP Bruno Dias esteve com os trabalhadores concentrados à porta da empresa, transmitindo-lhes a solidariedade do PCP e a confiança na força da luta dos trabalhadores para defender os direitos. Na Assembleia da República esta questão foi de imediato colocada ao Governo, exigindo a intervenção da ACT.

Ler Requerimento em PDF