Assembleia de Freguesia de Rio de Mouro aprova moção de censura à Junta de Freguesia de Rio de Mouro.

Por proposta da CDU, a Assembleia de Freguesia censurou a Junta pela má gestão financeira, que põe em causa a capacidade da Junta para assumir os seus compromissos financeiros futuros.

O saldo da Junta chegou a ser quase meio milhão de euros. Em Maio último era apenas de 23 mil euros. Sem receitas extraordinárias seria um saldo negativo de 145 mil euros.

Ainda não é tarde. Este caminho pode ser revertido, desde que sejam tomadas medidas de rigoroso controlo orçamental. A CDU sabe, por experiência própria, a importância de autarquias com boa saúde financeira e capacidade de investimento para responder aos problemas das populações.

A bancada do PS, isolada, foi a única a votar contra e, sem argumentos para contestar os dados apresentados pela CDU, não participou no debate. O BE absteve-se, não tem opinião sobre a saúde financeira da nossa Junta de Freguesia.

cduass1107