Editado boletim CDU em Sobral de Monte Agraço

monteagraco miniNa edição de Fevereiro de 2013 do boletim da CDU, destaque para a luta em torno do Centro de Saúde que abriu finalmente ao público em Sobral de Monte Agraço.

Ler boletim em PDF

PCP pela reabertura do Centro de Exames de Condução no Sobral de Monte Agraço

sobralma.jpgO Grupo Parlamentar do PCP denunciou na Assembleia da República a postura do PSD face ao encerramento do Centro de Exames de Condução Automóvel no Sobral de Monte Agraço, já que enquanto oposição comprometeu-se com a luta contra a decisão do Governo do PS de encerrar aqueçe Centro, mas agora no Governo nada faz para o colocar de novo em funcionamento.  

 

Ler Requerimento em PDF

Sobral, Um Concelho onde dá prazer viver!

mini-sobral.jpgHoje a caravana da CDU foi a Sobral de Monte Agraço visitar o trabalho realizado pela gestão CDU, que em cerca de 30 anos transformou o concelho numa território desenvolvido, ordenado e com elevados indicadores de qualidade de vida. No passeio pelo centro da vila, António Bogalho, presidente da autarquia e candidato a renovar o mandato, e Jerónimo de Sousa, foram acompanhados por cerca de meia centena de candidatos, apoiantes e activistas da CDU. O périplo comunista passou em revista as principais obras, caminhando sem dificuldade entre arruamentos impecavelmente arranjados e limpos, e edifícios e jardins que requalificados não deixam transparecer o passar dos anos.

Continuar...

Almoço do 88º Aniversário do PCP em Sobral de Monte Agraço

almocosobral.jpg

Muitos militantes e amigos do concelho estiveram presentes neste almoço comemorativo do 88º Aniversário do PCP. A iniciativa contou também com a presença dos camaradas Rosa Rabiais e Miguel Soares bem como os membros da Comissão de Concelhia.

A Saúde no Sobral - Fortes razões de protesto

A SAÚDE NO CONCELHO DO SOBRAL DE MONTE AGRAÇO:
 
FORTES RAZÕES DE PROTESTO !
 
 

No âmbito das Jornadas de Saúde dos Concelhos do Oeste, promovidas pelo Partido Comunista Português, o Deputado BERNARDINO SOARES, Presidente do Grupo Parlamentar do PCP, acompanhado por uma Delegação que integrava elementos da Comissão Concelhia do PCP no Sobral de Monte Agraço, visitaram o Centro de Saúde do Sobral.

Na reunião realizada com o Sr. Director do Centro de Saúde e respectivos responsáveis, fez-se o ponto da situação do Sistema Nacional de Saúde no nosso Concelho.
Concluiu-se que as tendências actuais iam no sentido do AGRAVAMENTO DA SITUAÇÃO, senão vejamos:

        dos 7 médicos e 7 enfermeiros que compõem o quadro do pessoal técnico de saúde, apenas 6                 médicos estavam a funcionar;
        3 dos quais haviam manifestado vontade de sair até ao fim do mês de Março;
        na extensão do posto de saúde na Sapataria o médico que lá fazia serviço pediu a demissão.

       3000 UTENTES SEM MÉDICO DE FAMÍLIA NUM UNIVERSO DE 10455 UTENTES DO CONCELHO!        
 
       E QUE A CONFIRMAR-SE A SAÍDA DOS REFERIDOS TRÊS MÉDICOS, CERCA DE 50% DOS UTENTES DEIXARÃO DE TER MÉDICO DE FAMÍLIA.
 
A Autarquia Sobralense tudo tem feito para melhorar a qualidade do Serviço Nacional de Saúde no concelho, a começar pela luta pela construção do novo Centro de Saúde e da sua extensão na Sapataria, a saber:   
 
    Em Agosto de 1999 assinou um protocolo com a ARS de Lisboa de cedência de terreno por parte da Câmara Municipal para a CONSTRUÇÃO DO NOVO CENTRO DE SAÚDE;   
 
    Em 2000 e 2001 o município do Sobral de Monte Agraço facultou à ARS de Lisboa, todos os projectos de infra-estruturas existentes no terreno e zonas limítrofes do local da futura construção do Centro de Saúde, para efeitos de elaboração do projecto de construção.    
 
    Em 2002, a Câmara Municipal foi informada que no Plano Director de Saúde estava considerada a construção do Centro de Saúde do Sobral de Monte Agraço, aguardava-se apenas a aprovação superior e a indicação dos meios financeiros.    
 
    3 anos depois, e em resultado das inúmeras reuniões solicitadas pela Câmara Municipal junto do Ministério da Saúde, é assinado a 2 de Fevereiro de 2005 o contrato programa entre o Ministério da Saúde e a Câmara Municipal para a construção do novo centro de saúde.    
 
    Este recebeu o visto positivo do Tribunal de Contas, sendo nesta data incluído em PIDDAC por decisão superior a adjudicação do projecto de construção do Centro de Saúde com a verba de 185.000€   
 
    Em 2006 e 2007, apesar das propostas do PCP no sentido de dar continuidade ao processo todas elas foram rejeitadas pelo PS, PSD e CDS, tendo desaparecido do PIDDAC, as verbas necessárias para este fim.    
 
    Isto apesar de os responsáveis governamentais afirmaram verbalmente à Câmara Municipal que iria prosseguir o processo de construção do novo Centro de Saúde do Sobral de Monte Agraço.               
 
FICAMOS A AGUARDAR QUE CUMPRAM A SUA PALAVRA!
 
Por tudo isto, a Comissão Concelhia do PCP apela aos Sobralenses e a todos os utentes do Serviço Nacional de Saúde para que se envolvam no apoio às nossas autarquias nesta luta que é de todos, e demonstrem das mais variadas formas o seu protesto pelo que o Governo PS tem vindo a fazer no domínio da Saúde Pública ao concelho do Sobral de Monte Agraço.