Um ano de gestão PS em Santa Iria de Azóia ou o "Regresso da Caça às Bruxas"

Em comunicado à população,  a CDU - Santa Iria de Azóia (concelho de Loures) apresenta a sua avaliação de um ano de mandato do PS na Junta de Freguesia, considerando além de não resolver os problemas da população e de contribuir activamente para os agravar, "O executivo da Junta de Freguesia PS vai no caminho errado! Nesta terra de luta e combate à ditadura, em que muitos dos seus filhos, sofreram na pele a repressão fascista, não permitiremos a perseguição política, o regresso da caça às bruxas, contra trabalhadores que têm voz e opinião, mas não têm o cartão do PS na carteira".

Continuar...

Municípios aprovam exclusão da EGF da Valorsul

Na Assembleia-Geral de acionistas da Valorsul que decorreu no passado dia 2 de março, os municípios aprovaram um procedimento judicial para exclusão do acionista EGF (Empresa Geral de Fomento) da sociedade por ações contrárias aos estatutos da empresa e dos acordos assumidos pelos acionistas. Em resposta a esta deliberação, a EGF fez votar uma proposta de mesa da Assembleia-Geral, excluindo qualquer representação dos municípios. A mais esta ofensiva dos interesses privados a atuar na EGF, os municípios avançarão para os tribunais, lutando pelos direitos dos municípios, dos trabalhadores e das populações. Mais uma vez a administração CDU da Câmara de Loures participou na Assembleia-Geral da Valorsul assumindo a defesa do serviço público, procurando reverter o processo de privatização encetado pelo Governo PSD/CDS-PP.

"Connosco em Loures, o município vai ficando melhor; com os governos PS, PSD o CDS, o país está diferente de facto, mas para pior."

No Encontro Nacional do PCP "Não ao declício nacional! Soluções para o País, realizado ontem no Pavilhão Paz e Amizade em Loures, membro do Comité Central e presidente da autarquia local, afirmou que "A tarefa mais importante que temos até às eleições legislativas é a de demonstrar ao povo que temos soluções para o país e de que para elas serem possíveis o PCP e a CDU têm de ter mais força e mais votos; demonstrar que outra política é possível e que os partidos não são todos iguais. Nas autarquias fazemos essa demonstração e o que fazemos nas autarquias estamos em condições de fazer no país." Ler a intervenção completa aqui

Utentes dos Serviços Públicos de Loures exigem mais e melhores serviços públicos

Diversas Comissões de Utentes dos Serviços Públicos realizaram no dia 25 de Fevereiro, uma Marcha, em Loures, exigindo mais e melhores serviços públicos no Concelho. Os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Loures, na Assembleia Municipal de Loures e nas diversas freguesias do Concelho juntaram-se ao protesto e reivindicação dos utentes. O Presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares, no final da marcha que ligou o Tribunal de Loures à Câmara Municipal, falando aos participantes, lembrou as carências existentes ao nível dos transportes públicos, dos médicos de família, de instalações de saúde, etc, informando igualmente das iniciativas que o atual executivo camarário, liderado pela CDU tem feito junto do Governo para a melhoria dos serviços públicos no Concelho.

Continuar...

Santo António dos Cavaleiros: Mais transportes para o Hospital, uma primeira vitória da População

Na freguesia de Santo António dos Cavaleiros, concelho de Loures, o PCP saúda a vitória da população, que em conjunto com a Comissão de Utentes de Transportes e a Câmara Municipal de Loures, "conseguiram levar a Barraqueiro a melhorar os transportes da freguesia para o Hospital". Encarando esta como "uma primeira vitória", apela à continuação e intensificação da luta em defesa de melhores transportes colectivos . Ler documento em PDF

Câmara de Loures reduz dívida em 18,4 milhões de euros

A CDU-Concelho de Loures em comunicado realça que "A Câmara Municipal de Loures reduziu o valor global da sua dívida em 18,4 milhões de euros, desde a tomada de posse do atual executivo liderado pela CDU (outubro de 2013) até ao final de 2014. A diminuição da dívida em 28,4% - era de 64,7 milhões e passou para 46,3 milhões – foi conseguida através de uma gestão criteriosa e planeada da gestão dos recursos municipais. ".

Continuar...

XIII Assembleia da Organização Concelhia de Loures: "Reforço do PCP, Futuro com Abril"

No passado sábado, dia 29 de novembro, realizou-se no Ginásio dos Bombeiros Voluntários de Sacavém a XIII Assembleia da Organização do Concelho de Loures, sob o lema “Reforço do PCP, futuro com Abril!”. A Assembleia contou com a participação de 153 delegados e dezenas de convidados, entre militantes do PCP, activistas da CDU e membros de associações, colectividades e outras organizações do Concelho de Loures.

Continuar...

Trabalhadores da Câmara Municipal de Loures e dos SIMAR aderem em força ao Dia Nacional de Acção, Indignação e Luta

Os Trabalhadores da Câmara Municipal de Loures e dos serviços intermunicipalizados estiveram hoje reunidos em plenário e aprovaram 2 cadernos reivindicativos e uma Moção onde acusam o Governo de "ingerência ao não publicar o ACEEP livremente negociado com a Câmara Municipal de Loures".

Câmara Municipal de Loures presta contas do seu trabalho no Jornal Municipal

Cumprindo o compromisso eleitoral assumido perante a população do concelho, a Câmara Municipal de Loures editou o segundo número do jornal municipal onde aborda como tema principal os investimentos realizados para melhorar as condições para aprender e ensinar nas escolas públicas do concelho com um arraque do "novo ano letivo marcado por obras em muitas escolas, quatro novas salas de jardim de infância, contratação de mais funcionários e pelo reforço no Serviço de Apoio à Família" apesar das conhecidas gravíssimas dificuldades financeiras herdadas do anterior executivo PS. Ler em PDF aqui

Câmara de Loures impedida de consultar processo da privatização da EGF / Valorsul

Em comunicado, a Câmara Municipal de Loures (de maioria CDU) denuncia que o seu pedido de consulta ao processo de privatização da Empresa Geral de Fomento (EGF) foi recusado pelo Governo. Apesar da Câmara Municipal de Loures ser accionista, cliente e fornecedora da Valorsul, empresa que faz parte do grupo EGF, o "Governo alega que a Câmara Municipal de Loures não é parte interessada no processo". O município Loures informa que "vai recorrer a todos os meios legais e políticos para contrariar esta decisão".  Recorde-se que a Câmara Municipal de Loures colocou-se, desde a primeira hora, contra a privatização deste sector estratégico, rentável e devidamente capacitado para respeitar os interesses das populações.