Santo António dos Cavaleiros | Lei das Rendas aprovada por PSD e CDS ameaça centenas de moradores de despejo.

sac ni despejos marco2018Várias centenas de moradores de Santo António dos Cavaleiros, inquilinos de imóveis propriedade da Seguradora Fidelidade estão a receber notificações informando da decisão desta entidade de não renovar os contratos de arrendamento, criando assim uma inaceitável situação de insegurança e incerteza em mais de 100 famílias.
 
O direito à habitação de centenas de pessoas é assim colocado em causa por uma operação de especulação imobiliária levada a cabo pela Fidelidade Seguros a coberto da lei do arrendamento, aprovada na legislatura anterior pelo Governo do PSD e CDS, que fragilizou a posição contratual dos arrendatários, colocando-os á mercê dos proprietários e das consequências das ações especulativas que estes entendam desenvolver, com prejuízos de direitos constitucionalmente consagrados.
 
A situação destas famílias é a evidência de como a atual Lei nº 31/2012, de 14 de agosto foi um instrumento concebido pelo Governo PSD/CDS e pela maioria parlamentar que o suportava para servir os interesses de senhorios sem escrúpulos e a atividade especulativa do capital financeiro no mercado imobiliário.
 
A preocupação não foi a concretização do direito à habitação e a elevação do nível de vida dos portugueses, mas sim servir os grandes interesses ligados aos mercados imobiliários.
 
PELA NECESSÁRIA E URGENTE REVOGAÇÃO DA “LEI DOS DESPEJOS”
 
O PCP Loures repudia a atitude da Fidelidade, afirma a sua solidariedade com a luta dos moradores de Santo António dos Cavaleiros e reafirma a necessidade urgente de revogar o enquadramento legal de 2012 e de criar um novo quadro legal que proteja os inquilinos cumpridores, proposta já apresentada pelo PCP na Assembleia da República nesta legislatura e que infelizmente não foi aceite.
 

“Mais Organização e Intervenção, um PCP mais Forte!”

14 assembleia organizacao concelhia 2018PCP REALIZOU A SUA XIV ASSEMBLEIA DA ORGANIZAÇÃO CONCELHIA
 
Este Sábado, dia 24 de Março, realizou-se no Espaço Multiusos “A Fábrica”, em Camarate, a XIV Assembleia da Organização do Concelho de Loures, sob o lema “Mais Organização e Intervenção, um PCP mais Forte!”.
 
A Assembleia da Organização Concelhia culminou um processo de preparação e discussão que através da realização de mais de duas dezenas de Assembleias electivas e sessões que contaram com a participação de mais de três centenas de militantes, elegeu os delegados de cada organização e discutiu a proposta de Resolução Política. 
 
A Assembleia contou com a participação de 150 delegados e dezenas de convidados, entre militantes do PCP, activistas da CDU e membros de associações, colectividades e outras organizações do Concelho de Loures.
 
Durante a Assembleia foram feitas 35 intervenções, versando diferentes matérias desde a prestação de contas das diversas organizações, Educação, Movimento Associativo, passando pela luta das ex trabalhadoras da Triumph e de outras empresas do Concelho.
 
Os participantes discutiram a aprovaram a Resolução Política “Mais organização e intervenção, um PCP mais forte!” que assume como principais direções e objetivos de trabalho: 
 
 
•Concretizar até final do 1º semestre a entrega do novo cartão do Partido, assegurando actualização de valor e recuperação de quotização e que um maior número de camaradas assumam uma tarefa política regular;
•Aumentar a capacidade de direcção das organizações, rejuvenescer organismos, elevar a militância, alargar a responsabilização de quadros;
•Alargar e aumentar o recrutamento para o Partido, em particular, a partir da acção de contactos, em curso, com os trabalhadores do concelho;

24 Março | XIV Assembleia da Organização Concelhia

14 assembleia organizacao netEste sábado, dia 24 de março terá lugar a XIV Assembleia da Organização Concelhia de Loures, sob o lema “Mais organização e intervenção, um PCP mais forte!”.
 
A Assembleia que elegerá a nova Comissão Concelhia de Loures, decorrerá no Espaço Multiusos “A Fábrica”, em Camarate e será um momento de análise e reflexão sobre a intervenção e trabalho realizado pelo PCP no Concelho de Loures, assim como de discussão e definição das propostas políticas e linhas de trabalho, para um reforço da organização e intervenção do PCP.
 
Entre 27 de fevereiro a 17 de Março decorreram as reuniões plenárias de militantes de discussão do Projecto de Resolução Política e eleição dos delegados à XIV Assembleia da Organização.
 
A Assembleia contará com a participação de João Frazão, Membro da Comissão Política.
 
Localização do Espaço Multiusos "A Fábrica", em Camarate (clique aqui)

Costruir | Boletim da Célula do PCP no Município de Loures

Construir 86 marco2018 netEstá em distribuição o Construir nº 86, Boletim informativo da Célula do PCP no Município de Loures.
 
No número de Março de 2018 o destaque vai para a a Campanha do PCP "Valorizar os Trabalhadores. Mais força ao PCP!".
 

8 de Março | Dia Internacional da Mulher

Dia-mulher-2018-dorl1A Concelhia do PCP em Loures saúda todas as mulheres do Concelho neste dia Internacional da Mulher.

Destacamos a importância da luta das mulheres pelo exercício dos seus direitos e na luta pela igualdade.

Ainda muito recentemente tivemos um exemplo no Concelho da determinação e coragem de cerca de 400 mulheres trabalhadoras na fábrica da TGI- Gramax (Ex- Triumph Internacional).

O PCP reafirma a sua determinação na luta pela igualdade e contra discriminação que atinge de forma específica as mulheres; pela eliminação de todas as formas de exploração e violência contra as mulheres; pela promoção do exercício dos seus direitos em toda as dimensões das suas vidas.

Apelamos ainda a todas as mulheres do concelho que participem no próximo dia 10 de Março na grande Marcha de Mulheres, organizada pelo Movimento Democrático de Mulheres, em Lisboa com concentração no Restauradores pelas 14.30h, celebrando desta forma com alegria e determinação o Dia Internacional da Mulher.

Metro até Loures: Possível, Necessário, Prioritário!

metro ate loures comunicado fev2018O alargamento da rede de metropolitano a Loures é uma justa reivindicação da população de Loures que o PCP sempre defendeu. No quadro da campanha distrital por «Mais e Melhores Transportes Públicos!», o PCP está a distribuir um folheto exactamente intitulado «Metro a Loures: Possível, Necessário, Prioritáro!», onde defende esse ponto de vista e denuncia a hipocrisia daqueles - nomeadamente o PS - em Loures são a favor do Metro, mas onde o podem concretizar, no Governo e na AML são contra.
 

Acção de contacto com trabalhadores do Município de Loures.

camara campanha pcp fev2018Campanha "Valorizar os trabalhadores, Mais força ao PCP"

 
No âmbito da campanha do PCP "Valorizar os Trabalhadores, mais força ao PCP", realizou-se ontem, dia 27 de Fevereiro, uma acção de contacto com os trabalhadores do Município de Loures.
 
Esta acção contou com a participação de Miguel Tiago, Deputado do PCP na Assembleia da República.
 
Esta campanha que pretende mobilizar os trabalhadores para a necessidade de avanços mais significativos e de um rumo alternativo para o País, assente na ruptura com a política de direita e na afirmação da política patriótica e de esquerda de que Portugal precisa, com o seu envolvimento e a sua luta, defendendo os direitos que estão hoje consagrados, reclamando a reposição dos que foram roubados pela política de direita, concretizada por PS, PSD e CDS, e conquistando os muitos que correspondem a uma vida digna.
 
Uma campanha que ajude a dinamizar a acção reivindicativa e o desenvolvimento da luta, nas empresas, locais de trabalho e no plano sectorial, em defesa dos direitos dos trabalhadores, pelo aumento dos salários; pela exigência das 35h semanais para todos; pelo combate à precariedade; pela melhoria das condições de trabalho; pela eliminação das normas gravosas da legislação laboral.

Campanha "Valorizar os trabalhadores, Mais força ao PCP"

hovione camanha pcp-fev2018Acção de contacto com trabalhadores da Hovione.

 

No âmbito da campanha do PCP "Valorizar os Trabalhadores, mais força ao PCP", realizou-se ontem, dia 27 de Fevereiro, uma acção de contacto com os trabalhadores da empresa Hovione na Freguesia de Loures. 
Esta campanha que pretende mobilizar os trabalhadores para a necessidade de avanços mais significativos e de um rumo alternativo para o País, assente na ruptura com a política de direita e na afirmação da política patriótica e de esquerda de que Portugal precisa, com o seu envolvimento e a sua luta, defendendo os direitos que estão hoje consagrados, reclamando a reposição dos que foram roubados pela política de direita, concretizada por PS, PSD e CDS, e conquistando os muitos que correspondem a uma vida digna.
 
Uma campanha que ajude a dinamizar a acção reivindicativa e o desenvolvimento da luta, nas empresas, locais de trabalho e no plano sectorial, em defesa dos direitos dos trabalhadores, pelo aumento dos salários; pela exigência das 35h semanais para todos; pelo combate à precariedade; pela melhoria das condições de trabalho; pela eliminação das normas gravosas da legislação laboral.

XIV Assembleia da Organização Concelhia

AssOrgConcelhia2018Logonet

 

No próximo dia 24 de março terá lugar a XIV Assembleia da Organização Concelhia de Loures, sob o lema “Mais organização e intervenção, um PCP mais forte!”.
A Assembleia que elegerá a nova Comissão Concelhia de Loures, decorrerá no Espaço Multiusos “A Fábrica”, em Camarate e será um momento de análise e reflexão sobre a intervenção e trabalho realizado pelo PCP no Concelho de Loures, assim como de discussão e definição das propostas políticas e linhas de trabalho, para um reforço da organização e intervenção do PCP.
O Projecto de Resolução Política está disponível nos Centros de Trabalho do PCP.
De 27 de fevereiro a 17 de Março decorrerão as reuniões plenárias de militantes de discussão do Projecto de Resolução Política e eleição dos delegados à XIV Assembleia da Organização, de acordo com a seguinte calendarização:
 
27 de Fevereiro – Célula do PCP no Município de Loures, 17h30, Centro de Trabalho de Loures,
01 de Março – Organização da Freguesia de Unhos, 21h00, Centro de Trabalho de Unhos
02 de Março – Organização da Freguesia de Santa Iria de Azóia, 21h00, Centro de Trabalho de Santa Iria de Azóia
10 de Março – Organização da Freguesia de Camarate, 15h00, Centro de Trabalho de Camarate
10 de Março – Organização da Freguesia de Bucelas, 15h00, Centro de Trabalho de Bucelas