Encerramento da Segurança Social em Sacavém, mais um exemplo da contínua destruição das funções sociais do Estado pelo Governo PSD/CDS-PP

O Governo encerrou, no passado dia 31 de janeiro, o serviço da Segurança Social em Sacavém (concelho de Loures), preparando-se também para encerrar os serviços do Centro de Emprego existente na cidade.

 

Na nota informativa publicada, a CDU "contesta estas decisões por considerar que as mesmas são profundamente penalizadoras dos cidadãos e do seu direito a uma boa acessibilidade aos serviços públicos, que deste modo se veem obrigadas a deslocações a Lisboa ou a Loures.

O encerramento destes serviços, integrado na lógica de destruição das funções sociais do Estado e consequente privatização das mesmas, afetará uma população de mais de 100 mil habitantes.

Por outro lado, estas decisões do Governo são contrárias à necessidade de em Sacavém se concentrarem e diversificarem os serviços públicos centrais prestados aos cidadãos, não apenas como garante do seu direito a uma boa acessibilidade aos mesmos, mas como estratégia de dinamização local e de confirmação de Sacavém como uma centralidade na zona oriental do concelho de Loures.

A CDU, através dos seus eleitos nos órgãos autárquicos, desenvolverá todas as ações necessárias contra estas medidas e apela aos cidadãos que se mobilizem em torno da manutenção dos serviços públicos na cidade, resultantes da descentralização e democratização do Estado, fruto da Revolução de Abril."