Em Loures, "o aumento do horário de trabalho não serve os interesses do Município, nem dos trabalhadores ou da população"

A Câmara Municipal e os Serviços Municipalizados de Loures assinaram com o STAL um Acordo Colectivo de Entidade Empregadora Pública (ACEEP) que visa a aplicação do regime das 35 horas semanais de trabalho no Município, ao contrário das intenções do Governo PSD/CDS-PP que aumentou a carga de trabalho para 40 horas na Administração Pública.

 

Bernardino Soares, eleito pela CDU como Presidente da Câmara Municipal de Loures afirmou que “o aumento do horário de trabalho não serve os interesses do Município, nem dos trabalhadores ou da população” e recorda a necessidade imediata de o Governo homologar o acordo livremente estabelecido entre o município e os representantes dos trabalhadores.