VALORSUL: Administração e Trabalhadores assinam AE. Vale a pena lutar!

O Sector de Empresas de Loures editou um comunicado onde saúda os trabalhadores da ValorSul pela v itória alcançada na sua luta, que lembramos exigiu 12 dias de greve durante 2007, tendo no decorrer da última o Governo enviado as forças policiais para reprimir a luta dos trabalhadores.

Os trabalhadores conseguiram manter o seu acordo de empresa e aumentos salariais de 3,6% para os salários mais baixos.

Um exemplo que confirma que vale a pena lutar! 

  LUTA DA VALORSUL

SALDA-SE COM VITÓRIA DOS TRABALHADORES


Os Trabalhadores da Valorsul venceram a luta em defesa do Acordo de Empresa, e do direito à negociação.

A administração abandonou a chantagem de condicionar negociações salariais à aceitação de retirada de direitos. Da mesma forma retirou também todas as propostas que visavam redução dos direitos do AE.

O AE agora concluído mantém todos os direitos, em matéria salarial têm efeitos retroactivos a todo ano de 2007. Garante que em 2008 o AE só será revisto em aspectos de natureza pecuniária.

As actualizações salariais acordadas suportam 3 escalões de aumentos 2,2% – 3,4% – 3,6% a ordem percentual correspondem aos salários mais baixos, as percentagens mais altas. Foram actualizados os subsídios de turno e subsídios de apoio ao estudo de descendentes. Ficou também salvaguardado para negociação seguinte, a requalificação dos operadores semi-especializados e problema de marcação de férias.

A luta dos trabalhadores da Valorsul arrastou-se em mais de 9 meses implicou 12 dias de greve. A última prolongou-se durante uma semana e no seu decurso o direito constitucional á greve sofreu vários atentados incluindo intervenções policiais dos corpos de intervenção da GNR e PSP.

A luta travada na Valorsul não esteve isolada foi alvo de várias manifestações de solidariedade em particular dos trabalhadores dos serviços Municipalizados de Loures. Trabalhadores que estão agora, a ser vítimas de perseguição, com abertura de inquéritos e processos disciplinares por se terem recusado a avançar com os camiões de lixo perante os piquetes de greve da Valorsul.

A unidade e firmeza dos trabalhadores da Valorsul foram determinantes para a vitória alcançada, e a solidariedade demonstrada no terreno pelos outros trabalhadores foi importante contributo.  

O OD de Direcção do Sector de Empresas de Loures saúda os trabalhadores da Valorsul que com a sua luta contribuíram para a defesa do direito á greve e obtiveram a grande vitória da manutenção de todos os direitos do AE e apela a continuidade da unidade para a necessária vigilância para os problemas que ficaram por resolver nomeadamente os processos disciplinares e as faltas injustificadas em resultado do exercício do direito á greve.



Organismo de Direcção Sector de Empresas de Loures
 Loures 15 de Janeiro de 2008