Comissão Nacional de Eleições dá razão à CDU na queixa contra a remoção ilegal de propaganda pela CM de Cascais

Nas Eleições Legislativas de 2015, a CDU apresentou queixa à Comissão Nacional de Eleições (CNE) da Câmara Municipal de Cascais pela remoção ilegal de 24 estruturas de propaganda política e eleitoral, a CNE veio agora dar razão à CDU.

Continuar...

PCP Cascais apresenta Moção sbre os anunciados despedimentos na EMEF

MarchaEMEF 031220142Os despedimentos nas Oficinas da EMEF, Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, S.A, em Oeiras, e a degradação da fiabilidade da circulação ferroviária na Linha de Cascais da CP. A Administração da EMEF, com o apoio do Governo, violando as promessas do próprio primeiro-ministro quando anunciou o combate ao «modelo de precariedade e baixos salários» anunciou em Agosto, aos ferroviários que têm estado ao serviço da EMEF em Oeiras, por subcontratação de uma ETT, (empresa de trabalho temporário), que serão despedidos até Novembro.

Continuar...

Eleitos do PCP interpelam CM de Cascais em defesa do sector do Taxi

x435O Vereador do PCP na CM Cascais, Clemente Alves, interpelou o presidente da Câmara, na reunião de 24/10/2016 sobre uma parceria realizada entre a CM de Cascais e a UBER e sobre a possibilidade da Câmara querer estender essa parceria a plataformas que operam ilegalmente em Portugal quando anunciaram o MOBI Cascais.

Continuar...

Passe Social: O que muda em Cascais com a proposta do PCP?

targeta cascais passe social-page-001A população do concelho de Cascais, como a população de toda a Área Metropolitana de Lisboa, ganhará muito com a aprovação da proposta do PCP de Alargamento do Passe Social Intermodal. Em primeiro lugar, possibilitará abranger mais de 182 mil habitantes do concelho de Cascais que neste momento estão fora do alcance do passe social e que com esta proposta passam a ter acesso a transportes públicos mais baratos.
Por todo o concelho estão a ser distribuidos comunicados à população e recolha de assinaturas de apoio à proposta do PCP.

Ver comunicado em PDF