Debate público sobre o "Trabalho do PCP junto de PME's, intelectuais e outras camadas intermédias"

debateparede_25jul001.jpgPor iniciativa da Comissão Concelhia de Cascais do PCP, realizou-se no passado domingo, dia 25 de Julho, no Salão dos Bombeiros Voluntários de Parede, um debate  subordinado ao tema "Trabalho do PCP junto de PME's, intelectuais e outras camadas intermédias".  Com a moderação de Jorge Pires, membro da Comssão Política do PCP, este debate que contou com a presença de  cerca de tres dezenas de camaradas e amigos, insere-se num conjunto alargado de debates que se encontram agendados e que pretende aprofundar  a discussão sobre diversos temas, com vista ao reforço ideológico.

Continuar...

Em Cascais, PCP na Rua contra o Roubo nos Salários

mini-capa1julcascais.jpgRealizou-se em Cascais uma acção de rua da Organização Local do PCP, contra o roubo nos salários e contra o aumento de preços e impostos sobre os trabalhadores. Na iniciativa este presente e interveio o camarada Vasco Cardoso, da Comissão Política do PCP, que sublinhou a importância destas acções de esclarecimento e mobilização dos trabalhadores e das populações, e apelou à resistência e à luta contra esta política de desastre económico, social e nacional.

Comício-Festa do PCP, em Tires-Cascais

 

comicio_tires19junho.jpgCom o lema "Basta de Retrocesso! Emprego - Produção - Justiça Social", a Comissão Concelhia de Cascais  realizou no passado sábado um comício na localidade de Tires. Com a intervenção de Rita Rato, deputada do PCP na Assembleia da Republica, e animação musical a cargo de Vanessa Borges, esta foi mais uma iniciativa no âmbito da campanha “500 acções de denúncia e combate contra o PEC”, que o PCP está a levar a efeito a nível nacional.

Mais de 300 mil contra a política de direita

 

capa_manif_29maioMais de 300 mil pessoas ocuparam o centro de Lisboa contra a política de desastre nacional do PS e PSD. Com as avenidas Fontes Pereira de Melo, Joaquim António de Aguiar cheias, assim como a praça Marquês de Pombal, Avenida da Liberdade até aos Restauradores, uma massa imensa de indignação, protesto e luta, respondeu ao apelo da CGTP-IN.

Continuar...

Rauschert: Valeu e Vale a pena lutar!

Até à grande adesão dos trabalhadores da Rauschert à greve do dia 14 Maio, a administração da empresa recusava-se a aumentar os trabalhadores e a negociar com o sindicato. Agora a empresa vai finalmente reunir com o sindicato, tendo já em cima da mesa uma proposta de 2% de aumentos salariais para todos os trabalhadores. Assim, mais uma vez se confirma que a luta é o caminho para combater a exploração. No próximo dia 29, lá estaremos todos, com os trabalhadores da Rauschert, na grande Manifestação Nacional da CGTP-IN.