Candidata CDU, Alma Rivera, em contacto com os trabalhadores do Hospital de Cascais e do CMRA

2019 07 08 Alma Rivera CMRA 1A candidata da CDU às eleições legislativas pelo círculo eleitoral de Lisboa, Alma Rivera, esteve, esta segunda-feira, em contacto com os trabalhadores do Hospital de Cascais e do Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão (CMRA) da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML). O reconhecimento do papel do PCP e da CDU na devolução e conquista de direitos, alcançados nos últimos anos, esteve presente em ambos os locais de trabalho. No CMRA  os trabalhadores continuam a demonstrar-se descontentes com a direcção da SCML pela falta de resposta às suas reivindicações de justa valorização salarial e do tempo de serviço, sem discriminações ou injustiças, e de contratação de trabalhadores em falta. Já no Hospital de Cascais os trabalhadores fizeram questão de demonstrar, também, a seu inconformismo com a Parceria Público-Privada existente naquele Hospital, exigindo o seu fim e a passagem da gestão do Hospital para a esfera pública, de onde nunca deveria ter saído. 

Continuar...

Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica em luta na SCML

Protesto TSDT 2019 07 04Os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica (TSDT) da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) estão em luta pela revisão da tabela salarial face à ausência de resposta às suas justas reivindicações. O passado dia 4 de Julho, foi a data escolhida para realizar uma greve e concentração à porta do Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão (CMRA), num protesto que contou com a participação do Secretário-Geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, e a solidariedade do PCP. As várias dezenas de manifestantes gritaram palavras de ordem e, nos diversos testemunhos dos trabalhadores que intervieram na iniciativa, exigiram uma justa valorização da sua carreira e do tempo de serviço prestado. O processo de transição para a nova tabela salarial e os processos de progressão extraordinário criaram enormes injustiças e o natural descontentamento destes profissionais de saúde que pretendem iniciar um processo negocial para que se proceda à rápida correcção desta situação.

Correcção material do PDM - Intervenção de António Lemos, eleito do PCP na Assembleia Municipal de Cascais

Intervenção de António Lemos, eleito do PCP na Assembleia Municipal de Cascais

(Assembleia Municipal extraordinaria de 5 de Junho de 2019)

Continuar...

Sobre o Bairro Irene - Intervenção de Manuela Santos, eleita do PCP na Assembleia Municipal de Cascais

Intervenção de Manuela Santos, eleita do PCP na Assembleia Municipal de Cascais
(assembleia municipal extraordinária de 5 de Junho de 2019)

Continuar...

PCP pede audição urgente na AR sobre as informações graves a propósito da PPP do Hospital de Cascais

hospital cascaisAs noticias veiculadas na comunicação social sobre a administração do Hospital de Cascais (PPP) “falsear resultados clínicos e algoritmos do sistema de triagem da urgência” com o objetivo de cobrar mais ao Estado e, consequentemente, aumentar as suas receitas. Assim como outras práticas impostas aos trabalhadores para ludibriarem o sistema para evitar penalizações ao hospital e aumentar o seu financiamento público, estes dados vem demonstrar e dar razão ao PCP que sempre afirmou que o que orienta os grandes grupos económicos que operam na saúde não é o o direito à saúde, mas sim o negócio da doença e o lucro.
O PCP requereu uma audição na Assembleia da República, com carácter de urgência, das seguintes instituições, Inspeção Geral de Actividades em Saúde; Tribunal de Contas; Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e da Ministra da Saúde, para esclarecer o que se passa no Hospital e tomar medidas para impedir que estas praticas prossigam.

Ver requerimento do PCP em PDF