Tratolixo - PCP solidário com a luta dos trabalhadores

Tratolixo 073Os trabalhadores da Tratolixo, empresa intermunicipal de tratamento de resíduos sólidos detida pela AMTRES - Associação de Municípios de Cascais, Mafra, Oeiras e Sintra - estão hoje em greve por uma justa negociação do Acordo de Empresa (AE). Depois de dois anos de negociações frustradas com a administração da Tratolixo, os trabalhadores convocaram uma greve para o dia 12 de Dezembro, com concentração à porta das instalações da empresa em Trajouce, São Domingos de Rana, em luta, entre outras coisas, por aumentos salariais justos e sem discriminações, pelas 35 horas semanais, pelos 25 dias de férias e pelo subsídio de insalubridade, penosidade e risco para todos. A greve convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) teve um grande impacto, com uma adesão a rondar os 90%, e com os trabalhadores a realizarem uma forte e ruidosa concentração de protesto junto à sede da empresa em Trajouce. O PCP fez questão de estar presente com uma delegação onde participou o seu vereador na Câmara de Cascais, Clemente Alves, em solidariedade com a justa luta dos trabalhadores daquela empresa, que se mostraram disponíveis para continuar a lutar até verem as suas reivindicações respondidas. 

rsz tratolixo 01 clemente

Tratolixo 03