PCP - Solidário com os trabalhadores da ALFASOM

pcp_amadora  

A Comissão Concelhia da Amadora levou a efeito no passado dia 19 de Julho junto às instalações da ALFASOM, na Venda Nova, a distribuição de um documento que continha na integra a pergunta efectuada pelo deputado do PCP Miguel Tiago sobre a situação vivida actualmente na Empresa. O PCP como sempre está na 1ª linha na defesa dos trabalhadores.

    ver documento com a pergunta

PCP da Amadora apela à Manif de 14 de Julho

14_julho_topo.jpgO PCP da Amadora está a distribuir aos trabalhadores do Concelho um apelo à participação na Manifestação da CGTP-IN de 14 de Julho, como forma de luta contra o brutal ataque lançado pelo capital através do programa de governo e do acordo entre as troikas.

Ler Comunicado em PDF

PCP promove Festa Popular da Damaia

festadamaiapublicar.jpgRealizou-se no dia 3 de Julho, no parque 25 de Abril, na Damaia, a já tradicional festa popular organizada pela comissão de freguesia da Damaia do PCP, que reuniu mais de de trezentas pessoas.Na intervenção no Comício aí realizado, Bernardino Soares deu especial realce ao ataque aos direitos dos trabalhadores e ao povo Português resultante das políticas impostas pela TROIKA (FMI, UE e BCE) a Portugal e que o governo PSD / CDS com o apoio do capital financeiro estão empenhados em cumprir.

Grandiosa arruada na Amadora


 


Realizou-se ontem, dia 1 de Junho, no centro da Amadora, um desfile CDU com a participação de Jerónimo de Sousa.
Este desfile contou com mais de três centenas de apoiantes e activistas da CDU que afirmaram pelas ruas da Amadora a força em crescendo que tem caracterizado os últimos dias de campanha da CDU.
Na sua curta intervenção Jerónimo de Sousa frisou a importância que a Cidade da Amadora já deteve no aparelho produtivo nacional, que 35 anos de politicas de direita foram desmantelando, afirmou ainda que só com uma forte votação na CDU criará condições para dar combate às politicas de direita, protagonizadas por PS/PSD/CDS a mando da troika do Capital.

 

 

CDU em campanha no Hospital Fernando Fonseca

imagescamuo9c1.jpg

Realizou-se hoje, dia 31 de Maio, uma acção de campanha da CDU junto dos trabalhadores e utentes do Hospital Fernando Fonseca, na Amadora.
No comunicado distribuído alertava-se para o perigo do encerramento e ainda maior concentração de serviços (Hospitais, Centros de Saúde etc.), do congelamento dos salários durante 3 anos e da redução de milhares de postos de trabalho, para o aumento significativo das taxas moderadoras e para diminuição das comparticipações nos medicamentos, assim como para a transferência para o sector privado de vastas áreas da Saúde até aqui asseguradas pelo Estado.
O caminho alternativo para vencer a dívida é promover o desenvolvimento, e defender a Soberania Nacional, como se apelava neste comunicado, votando na  Alternativa Patriótica e de Esquerda que a CDU comporta.

Ler comunicado

CDU promove comício na Falagueira (Amadora)

minic_leg_28maio.jpgRealizou-se no passado dia 28 um mini comício da CDU na Falagueira, que contou com a participação de cerca de 150 pessoas. Sónia Baptista candidata independente na lista da CDU, pelo distrito de Lisboa, falou acerca das malfeitorias que PS, PSD, e CDS, a solo ou coligados, fizeram ao país e em particular ao concelho da amadora, dando a tónica de que é preciso mudar de politicas, tendo apresentado na sua intervenção o conjunto de propostas da CDU para combater a grave situação que o país atravessa.

Ler intervenção

CDU Amadora denuncia: centros de saúde sem limpeza por falta de pagamento!

Os Centros de Saúde da Amadora encontram-se neste momento sem limpeza diária e qualificada devido ao atraso nos pagamentos à Empresa que responde por estes serviços. Enquanto se continua a gastar milhões de Euros na construção de hospitais para entregar a Parcerias Publica-Privadas, para estas últimas explorarem a seu bel-prazer, os utentes são privados do mais elementar direito nos serviços de Saúde (o direito à higiene) por falta de pagamento atempado! É urgente pôr cobro a esta situação, é imperiosa uma ruptura com esta politica para a Saúde, é preciso uma Nova Politica que respeite os utentes e os trabalhadores dos serviços de Saúde.