PS rejeita saudar o 25 de Abril na Freguesia Mina de Água

A CDU abandonou a última Assembleia de Freguesia da Mina de Água, realizada a 21 de Abril, face à atitude do Partido Socialista em não admitir quaisquer documentos à discussão nesta Assembleia, fazendo valer em bloco a prepotência da sua maioria absoluta e sem apresentar qualquer argumento para esta atitude.

com img

 

Comunicado à População

 

Ver documentos apresentados pela CDU


- Saudação ao 25 de Abril e 1º de Maio


- Moção em defesa dos transportes públicos, combater a privatização da Carris, do Metro, da Transtejo e da Soflusa!


- Moção pelo direito à habitação e tratamento condigno das populações, apresentada em conjunto pelo Bloco de Esquerda e pela CDU;

Greve Geral da Administração Pública arranca no concelho da Amadora com adesão de 100% no turno da noite da recolha de resíduos sólidos

No concelho da Amadora, a Greve Geral dos trabalhadores em funções públicas arrancou com adesão de 100% no turno da noite da recolha de resíduos sólidos.  Recordamos que os trabalhadores da Administração Pública estão em Greve esta sexta-feira, dia 13 de Março. No apelo dirigido aos trabalhadores, a Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública (CGTP-IN) invoca a necessidade de defender o trabalho com direitos e aumentos salariais. Uma greve em defesa das populações e dos serviços públicos. Ler apelo Aqui

PCP solidário com a Luta dos Trabalhadores da BA Vidro, SA (ex Sotancro)

Os trabalhadores da BA Vidro, SA – na Venda Nova, Amadora (ex Sotancro), levaram a cabo, no dia 24 de Fevereiro, terça-feira, uma greve de vinte e quatro horas. A greve englobou os três turnos da laboração: o das 00h00, o das 8h00 e o das 16h00. As oito linhas de produção da fábrica estiveram praticamente paradas. De acordo com Pedro Miguel, membro da direcção do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Vidreira (STIV/CGTP-IN), o primeiro turno teve uma adesão de cerca de 90%, o segundo de 92% e no terceiro perto de 80%. Foram constituídos piquetes de greve à entrada da fábrica, os quais contaram com a participação activa de mais de meia centena de trabalhadores. Desta acção de luta na BA Vidro da Venda Nova sobressaiu a forte unidade de que os trabalhadores deram mostras e a sua firme disposição de luta para alcançar as justas reivindicações por que se vêm batendo.

Continuar...

Gota de Água nº 2 – Novembro de 2014

Gota2Dando continuidade ao trabalho de comunicação desenvolvido pela CDU na Mina de Água apresentamos a segunda edição Gota de Água.

Neste número faz-se um balanço do trabalho realizado em 2014, onde se destacam a agudização de um conjunto de problemas sociais decorrentes de um Governo “tesoura” que mais não sabe que cortar direitos e serviços aos cidadãos e de um processo de agregação de Freguesia que tem contribuído para afastar ainda mais as populações do centro de decisão.
Clique na imagem para ver boletim

Gota de Água nº 1 – Abril de 2014

 

Gota1

A CDU da Muna de Água publica a primeira edição do Gota de Agua que tem por objectivo de dar conta do trabalho realizado pelos eleitos na Freguesia.

Neste número destacamos a problemática da Habitação Socia e da nova Lei da Redas Sociais, que levou muitas família para a margem social com a conivência da Câmara Municipal da Amadora.

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

  

 

 

Clique na imagem para ver boletim

 

 

 

 

Destruição da Associação Académica da Amadora

A CDU-Concelho da Amadora em comunicado denuncia que foi dado "mais um passo para a destruição da Associação Académica da Amadora com a alienação de partes do património desta histórica colectividade que muito prestigiou a cidade da Amadora. Agora foram vendidas viatura, mesas e cadeiras. Amanhã serão os dois pavilhões desportivos que, não sendo recuperados para a prática desportiva, mais cedo ou mais tarde se transformarão em verdadeiras peças arqueológicas de uma passado desportivo que promoveu o nome da Amadora no panorama nacional e internacional."

Continuar...

Aos trabalhadores da Câmara Municipal da Amadora: Isto não pode continuar!

Em comunicado dirigo os trabalhadores comunistas da Câmara Municipal da Amadora apelam para que todos os seus colegas participem na Manifestação promovida pela Frente Comum na próxima sexta-feira, lembrando que "A política de direita desenvolvida alternadamente pelo PSD, PS e CDS ao longo dos anos é a causa profunda da degradação de serviços públicos, da destruição de postos de trabalho (90.000 de 2010 a 2014), da degradação dos salários e pensões e da contínua perda de poder de compra, da destruição de direitos e de agravamento das condições de vida e de trabalho
de milhares de trabalhadores da administração pública. Ler documento em PDF