Olivais

Visita ao Vale do Silencio

valesilencio20190727Em visita ao Vale do Silencio, a organização do PCP e os seus eleitos nos Olivais puderam verificar o mau estado de conservação em que o mesmo se encontra.

Muitas árvores abatidas e não substituídas, largos espaços com relva e arbustos não tratados, completamente ao abandono, estão a degradar aquele que foi durante anos o "pulmão" dos Olivais.

Como habitualmente, vamos intervir junto da CML e da Junta de Freguesia dos Olivais propondo, exigindo, que este amplo espaço verde seja recuperado e volte a ser um espaço agradável para usufruto de todos.

Protesto contra a EMEL nos Olivais

Protesto contra acção da EMELNa passada 6ª feira, dia 5 de Abril, os moradores dos Olivais levaram a cabo, frente ao edifício da Junta de freguesia, uma concentração de protesto contra a entrada da EMEL nos Olivais.

Os cerca de 200 moradores presentes disseram claramente à Junta de Freguesia dos Olivais e à Câmara Municipal de Lisboa que não estão de acordo com a imposição da tarifação do estacionamento para os residentes na freguesia, mesmo considerando a necessidade do estacionamento poder ser reorganizado.

Deixaram ainda claro que o protesto e a luta contra esta imposição da CML vai continuar e desenvolver-se.

Nesta acção dirigida por Carlos Lourenço, morador na freguesia, intervieram também Jorge Alves, vereador da CDU na CML, uma professora da Escola EB2/3 das piscinas e uma representante dos trabalhadores da CML, para alem de diversos outros moradores.

No final os Olivalenses presentes aprovaram por unanimidade uma moção a dirigir à Junta de Freguesia e à CML.

Contra o “Imposto” da CML

Estacionamento Gratuito dos Residentes em Toda a Freguesia dos Olivais


comunicadoEMEL201903Desde que anunciado pela Junta de Freguesia dos Olivais a decisão de concordar com a vinda da EMEL para a freguesia, a população tem repetidamente demonstrado o seu desacordo com essa decisão.
Os Olivalenses não pediram nem aceitam a entrada da EMEL na freguesia.

A CML e a Junta dos Olivais continuam a impor aos residentes na freguesia a criação de múltiplas zonas de estacionamento tarifado e o pagamento do estacionamento em cada uma delas. A vinda da EMEL por si só não resolve os problemas existentes no estacionamento na Freguesia e trará para a população mais prejuízos que benefícios.

O PCP apoia as posições da população dos Olivais contra a entrada da EMEL e condena a falta de honestidade política do PS que atropela compromissos assumidos, ao não admitir sequer a criação de uma zona única para quem reside nesta freguesia.

O PCP defende e já propôs:

O direito dos trabalhadores no Aeroporto a estacionar nos parques do Aeroporto, tal como antes da privatização da ANA e os transportes públicos terem carreiras que sirvam os horários nocturnos desses trabalhadores;

As empresas de aluguer de automóveis, que estacionam indevidamente na freguesia, sejam obrigadas a encontrar locais para seu estacionamento privativo;

A criação de parques de estacionamento à entrada da cidade, que garanta estacionamento a quem se desloca com ligação aos transportes públicos e zonas de estacionamento gratuito dentro da freguesia, destinadas aos moradores;

Obter o comunidado em pdf...

Cartaz contra EMEL


Cartaz contra a EMELO protesto contra a entrada da EMEL nos Olivais mantém-se e reforça-se. O PCP e os Olivalenses não concordam que os moradores na freguesia paguem para subsidiar a EMEL e a Câmara Municipal de Lisboa. O protesto continua e vai sair à rua.