1917/10, Carta ao Comité Central do POSDR(b)

«Um partido que se respeite a si mesmo não pode tolerar no seu seio actos de fura-greves nem furagreves. Isto é evidente. E quanto mais se medita na intervenção de Zinóviev e Kámenev na imprensa não partidária tanto mais indiscutível se torna que a sua conduta representa o mais completo acto de fura-greves.»

Ler Texto em PDF