1920, II Congresso da Internacional Comunista

O II Congresso da Internacional Comunista, realizado na Rússia Soviética em 19 de Julho - 7 de Agosto de 1920, assentou os fundamentos programáticos, tácticos e organizativos da Internacional Comunista. O congresso foi inaugurado em Petrogrado. A partir de 23 de Julho, as suas sessões realizaram-se em Moscovo. Participaram no congresso 169 delegados com direito de voto e 49 com voto consultativo, representando 67 organizações de 37 países. Além de representantes dos partidos e organizações comunistas de 31 países, tomaram parte nos trabalhos do congresso representantes do Partido Social-Democrata Independente da Alemanha, dos partidos socialistas da França e da Itália, dos «Operários Industriais do Mundo» (Austrália, Inglaterra, Irlanda), da Confederação Nacional do Trabalho da Espanha e doutras organizações. Na primeira sessão do congresso, Lénine apresentou o relatório sobre a situação internacional e as principais tarefas da Internacional Comunista. Noutras sessões, pronunciou o discurso sobre o partido comunista, apresentou o relatório sobre as questões nacional e colonial, fez um discurso sobre o parlamentarismo bem como sobre outras questões. Lénine tomou parte activa nos trabalhos da maioria das comissões do congresso. As ideias da obra clássica de Lénine A Doença Infantil do «Esquerdismo» no Comunismo serviram de base às resoluções do congresso. O congresso aprovou como resolução sobre a primeira questão as «Teses sobre as tarefas fundamentais do II Congresso da Internacional Comunista» redigidas por Lénine. O papel do partido comunista na revolução proletária e as relações entre o partido e a classe operária foram duas das principais questões do congresso. Na resolução aprovada «sobre o papel do partido comunista na revolução proletária», redigida coma participação directa de Lénine, o congresso apontou para o facto de o partido comunista ser a arma principal na luta pela libertação da classe operária. As teses de Lénine foram aprovadas como resoluções do congresso sobre as questões nacional-colonial e agrária. O congresso aprovou as 21 condições de admissão na Internacional Comunista, elaboradas por Lénine, o que tinha grande significado para a criação e o fortalecimento de partidos de novo tipo no seio do movimento operário dos países capitalistas.

Ler Textos de Lénine en PDF