A situação actual do Pinhal da Paiã

Os vereadores da CDU realizaram, durante o período de verão, algumas visitas ao Pinhal da Paiã, com o objectivo de identificar um conjunto de problemas relacionados com a conservação dos equipamentos, a falta de limpeza e a ausência de um plano adequado de arborização que potencie este importante património natural e o coloque ao serviço de toda a população do concelho de Odivelas.

É possível, através de registos fotográficos efectuados, verificar algumas destas situações , das quais destacamos:

1º Uma vasta área sem arborização, inundada de caniços e matagal, de que são exemplo os limites do Pinhal com o bairro de Sto Eloy, o bairro do Casal do Rato e a Avenida da Liberdade até às instalações dos Bombeiros Voluntários da Pontinha.

2º Uma área em que o Pinhal se está a regenerar lentamente, sem qualquer intervenção humana, em que se observam pequenos pinheiros em crescimento junto dos pinheiros adultos e um conjunto de novas Oliveiras. Ao mesmo tempo, crescem vegetação e árvores no meio da zona não arborizada do Pinhal.

3º A área mais conhecida e frequentada, onde está localizada a zona de merendas e onde se realizam actividades de arborismo, que integra os cerca de 17 hectares do Pinhal da Paiã concessionado pela CMO à empresa Adventure Park desde 2011.

Para a CDU, esta concessão não serve, nem defende o Pinhal da Paiã!

Ver documento em PDF

A EB1 Dr. Mário Madeira não pode fechar!

A CDU - Coligação Democrática Unitária, vem por este meio convidá-lo a participar na conferência de imprensa que vai realizar, na sequência do abaixo-assinado que está a desenvolver contra o encerramento da escola e a exigência de obras de requalificação, no próximo dia 19 de Outubro, quarta-feira, pelas 17H, à porta da EB1 Dr. Mário Madeira.

Estarão presentes eleitos da CDU na Câmara Municipal de Odivelas e na Assembleia de
Freguesia da União das Freguesias da Pontinha e Famões.

 

Ver documento em PDF

Lar de Odivelas encerra com concordância da Câmara Municipal

O Lar de Odivelas, equipamento público da responsabilidade da Segurança Social, encerra no final de outubro com a concordância da Câmara Municipal. O Concelho, que tem elevadas carências de apoio nesta área, perde o único Lar de carater público com capacidade para 75 utentes. Os vereadores da CDU apresentaram uma moção defendendo que o Lar permaneça em funcionamento até ser construído um novo equipamento, PS e PSD votaram contra.

Ver documento em PDF

Ver Moção em PDF

37 anos do Serviço Nacional de Saúde

37 anos após a criação do Serviço Nacional de Saúde, na Pontinha, no concelho de Odivelas e no País, a Saúde ainda não é um direito garantido!

Ao ter conhecimento, através do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Loures Odivelas, de que, devido ao encerramento da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) que existia nas actuais instalações do Centro de Saúde da Pontinha, todos os utentes que não têm médico de família só podem ser atendidos na Extensão de Saúde da Urmeira, a CDU vem acompanhando com grande preocupação esta situação.

Juntando os utentes inscritos na UCSP da Pontinha que não têm médico de família, aos da Extensão da Urmeira que também não o têm, falamos de cerca de 5.600 pessoas que têm hoje de ser atendidas na Extensão da Urmeira – para marcação e realização de consultas e recurso às urgências. Acresce que esta Extensão tem cerca de 4.800 utentes com médico de família, ou seja, ao todo tem que ser dada resposta a 10.400 pessoas!

Ver documento em PDF

Sabia que a Câmara quer privatizar o Centro Cultural da Malaposta?

No passado mês de Junho os eleitos da CDU foram surpreendidos com a decisão da Câmara Municipal de Odivelas gerida pelo PS e PSD, de concessionar a privados do Centro Cultural da Malaposta. Decisão à qual nos opusemos de imediato.

O Centro Cultural da Malaposta nasceu em 1989 para dar resposta à necessidade de democratizar a cultura por parte de 4 concelhos que criaram a Amascultura. Em 2002, este equipamento, integralmente pago por dinheiros públicos, passou para a responsabilidade da Câmara Municipal de Odivelas que ao longo dos anos utilizou diversos mecanismos para o gerir.Já foi gerido pela Odivelcultur, pela Municipália e, com a extinção desta, passou para a gestão directa da Divisão da Cultura da Câmara.

Ver documento em PDF

FUTURO INCERTO DE EQUIPAMENTOS SOCIAIS E MENOS APOIOS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO

Na reunião de Câmara, realizada ontem, 29 de Junho, os vereadores da CDU na Câmara de
Odivelas questionaram o Presidente sobre o futuro do Centro Infantil e Lar de Odivelas, tendo
confirmado que as suas preocupações não eram em vão e que a incerteza paira efetivamente sobre o futuro destes dois equipamentos. Desta reunião destaca-se ainda a atribuição de apoios às associações culturais do concelho, ao abrigo do PAMO, por ser a mais baixa de sempre.

Ver documento em PDF

Centro Cultural da Malaposta privado? Não Obrigada!

A censura e a lei da rolha não impedem os eleitos da CDU de tomar uma posição clara contra a gestão privada, encetada pelo PS e PSD na Câmara Municipal de Odivelas, para o Centro Cultural da Malaposta.

No passado dia 16 de Junho, foi discutida na 9a Sessão Extraordinária da Assembleia Municipal de Odivelas a Proposta de Abertura de Concurso Público para a Formação do Contrato de Concessão da Gestão e Exploração do Centro Cultural da Malaposta.

Ver documento em PDF

Centro Cultural da Malaposta a caminho da gestão privada!

A Câmara Municipal de Odivelas, aprovou no dia 1 de Junho, com os votos contra da CDU, a abertura de concurso público para a concessão da gestão e exploração do Centro Cultural da Malaposta. É sobejamente conhecida a posição da CDU no que deve ser a política cultural do nosso concelho e por isso a posição relativamente a este assunto só poderia ser de repúdio pela decisão da Câmara.

Ver documento em PDF

Educação no Concelho de Odivelas - Escolas degradadas, obras adiadas!

O ano letivo 2015/16 está prestes a terminar. Um ano que teve uma população escolar estimada em cerca de 18.000 alunos nos diversos níveis de ensino, do pré-escolar ao ensino secundário. Dando continuidade ao Roteiro da Educação iniciado em novembro de 2013, os vereadores da CDU visitaram ao longo do presente ano letivo 14 escolas EB1/JI e EB2,3, tendo identificado diversos problemas e, em algumas delas, um preocupante estado de degradação. Desses problemas deram eco nas reuniões de Câmara onde defenderam a urgente realização das obras necessárias.

Ver documento em PDF

EB 2,3 Carlos Paredes, na Póvoa de Santo Adrião

Mais uma Escola Degradada!

No âmbito do Roteiro da Educação, os vereadores da CDU na Câmara Municipal de Odivelas e eleitos da CDU na Assembleia de Freguesia da Póvoa de Santo Adrião e Olival Basto, realizaram em Março uma visita à Escola Básica do 2º e 3oº Ciclos «Carlos Paredes». Uma escola com 32 anos, frequentada por mais de 500 alunos, entre o 5.º e o 9º ano, contando com uma turma de ensino vocacional e outra de ensino estruturado.

Ver documento em PDF