CDU visita nova freguesia da Misericórdia

 

Visita CDU à nova freguesia da MisericórdiaUm grupo de candidatos da CDU visitou hoje uma parte considerável da nova freguesia. Andámos por São Paulo, Santa Catarina.

Parámos no Cais do Sodré para conversar com representante da "Aqui Mora Gente", um grupo de moradores da zona do Cais do Sodré que tenta, há muitos meses, que a Câmara olhe e veja o problema com que se debatem.

Visitámos o jardim D. Luís, rodeado de obras por todos os lados, incapaz de ser espaço de lazer aos lisboetas e a quem nos nos visita.

 

Subimos e descemos muitas ruas. Vimos muito lixo, muitas lixeiras. Ruas onde o cheiro a urina é nauseabundo, ruas onde os pés colam ao chão com tanta porcaria. Vimos prédios que caem aos bocados aos olhos de todos, que são tecto de gente. 

 

Passámos ao Adamastor. Vimos um dos locais mais emblemáticos de Lisboa cheio de pó e em estado-de-sítio. As obras já deviam ter acabado há uns meses. Estamos em Agosto. O dr. Costa escusava de ser tão óbvio no "esticar" do prazo para inaugurar a obra antes das eleições em Setembro.

 

Distribuímos informação sobre o Centro de Saúde que foi transferido da Rua Luz Soriano para a Rua da Ribeira Nova, no Cais do Sodré.

 

Vimos muito prédio vazio, desabitado. Ruas inteiras sem sinais de vida, especialmente na zona de São Paulo.

 

Não é bom ter cidades sem pessoas.

Não é isso que nós queremos.

Fica a promessa de voltar. De voltar às ruas brevemente. Para conhecer. Para aprender. Para conversar. Para debater ideias e propostas com quem, como nós, cá vive.