Vitória da Luta: No refeitório do Metro já se cumpre o AE!

referitoriometro20170102O dia começou mal. Os preços praticados no Refeitório do Metro violavam o Acordo de Empresa e ainda faziam aplicar uma norma que vigorou nos OE de 2011 a 2016, mas foi retirada do OE2017. Face à recusa dos trabalhadores em pagar o preço que lhes estava a ser ilegalmente cobrado, e com a activa participação de dirigentes do STRUP/FECTRANS e da CT, a Administração acabou por reconhecer a razão dos trabalhadores e fazer aplicar o preço acordado. Eis um exemplo (aliás apontado no comunicado de hoje da célula do PCP) de como será a unidade e luta dos trabalhadores o factor decisivo para materializar os avanços possíveis de serem alcançados.